Em Sessão Plenária, Câmara se solidariza com prefeito licenciado e empossa vereadora suplente Renata Falzoni 

Afonso Braga | REDE CÂMARA

Sessão Plenária desta terça-feira (4/5)

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

Na Sessão Ordinária desta terça-feira (4/5), a Câmara Municipal de São Paulo empossou a vereadora suplente Renata Falzoni (PV). Ela assume a cadeira do vereador Roberto Tripoli (PV), que pediu licença do cargo por 30 dias. Também na sessão de hoje, vereadores discursaram sobre temas de livre escolha e se solidarizaram com o prefeito licenciado Bruno Covas (PSDB), que está internado no hospital Sírio-Libanês.

Na abertura da Sessão Plenária, o presidente da Câmara, vereador Milton Leite (DEM), fez a leitura do ofício que comunica o afastamento do prefeito licenciado Bruno Covas (PSDB) a partir de segunda-feira (3/5). O chefe do Parlamento paulistano aproveitou a oportunidade para desejar plena recuperação à Covas.

“Nós, aqui, estaremos na oração firme e torcendo para que tudo dê certo. Você é muito querido nessa cidade e por todos nós. Receba o meu carinho público, prefeito Bruno Covas”, falou Milton.

Vereadora suplente Renata Falzoni

Após saudar Bruno Covas, Milton Leite concedeu a palavra à vereadora suplente Renata Falzoni (PV). A parlamentar assume a vaga do vereador Roberto Tripoli (PV), que se licenciou da função por 30 dias. Da tribuna do Plenário, a parlamentar fez a leitura do juramento de posse e falou sobre a expectativa para as próximas semanas em que ocupará uma cadeira na Casa.

“Nós entendemos que a mobilidade ativa é maior gama de todos os direitos civis de um cidadão. Então, você imagina que temos na pauta a mobilidade ativa culminada ao transporte público, que representa mais de 70% de todos os deslocamentos. A gente também batalha muito na inclusão da mulher, na inclusão de gênero. A gente não acredita em uma democracia, se não houver diversidade”, falou Falzoni.

Manifestações ao prefeito licenciado Bruno Covas

Antes de iniciar os discursos dos parlamentares, Milton Leite passou a presidência da sessão para o vereador Fernando Holiday (sem partido). O primeiro a se manifestar foi o líder do PT na Casa, vereador Eduardo Suplicy (PT). O parlamentar leu uma nota se solidarizando com Bruno Covas.

“A bancada de vereadores do Partido dos Trabalhadores na Câmara Municipal de São Paulo, assim como a direção municipal do PT, vêm transmitir os votos de plena recuperação do prefeito Bruno Covas. As nossas orações para que ele consiga superar inteiramente o câncer que o atinge”, fez a leitura de um dos trechos do texto.

Em nome do PSDB na Câmara, o vereador João Jorge (PSDB) também utilizou o espaço da sessão para falar do prefeito licenciado. O parlamentar agradeceu todas as manifestações em prol da saúde de Bruno Covas.

“Estou agora entrando no meu quinto ano como vereador. Eu nunca vi um momento como esse, de a Câmara de São Paulo se unir em torno desse pensamento positivo, dessas orações em favor do prefeito, em favor de alguém quer que seja, como tenho notado de dois dias para cá”, falou João Jorge.

O vereador Faria de Sá (PP) repercutiu a transferência de Bruno Covas da UTI para um leito em terapia semi-intensiva, que foi confirmada pela equipe médica que cuida do prefeito licenciado nesta terça. “Eu tenho certeza de que ele vai se recuperar logo e reassumir (a Prefeitura)”.

Quem também desejou pronto restabelecimento da saúde de Covas foi o vereador Fernando Holiday (sem partido). “O prefeito tem sido um grande exemplo na luta contra o câncer. Eu tenho certeza de que a sua luta pode inspirar muitos outros que estão em situação semelhante neste momento”.

Outra mensagem de apoio foi manifestada pelo vereador Adilson Amadeu (DEM). “Sem dúvida, todos estão orando pelo nosso querido e guerreiro Bruno Covas. Ele vai sair dessa. Deus é maior”.

Para o vereador Camilo Cristófaro (PSB), “é muito difícil ver uma união tão grande em torno de uma pessoa, como todos estão orando pelo Bruno”. O parlamentar complementou dizendo que “nós desejamos a você, Bruno, os 55 vereadores dessa Casa, saúde, saúde e saúde”.

A vereadora Elaine do Quilombo Periférico (PSOL) também reforçou as mensagens positivas. “Quero aqui declarar o nosso sincero axé ao prefeito Bruno Covas e a todos os enfermos”.

O vereador Rinaldi Digilio (PSL) disse que “a gente tem feito, inclusive no grupo de vereadores, uma rede de oração, uma rede de torcida para o prefeito da cidade de São Paulo”.

A vereadora Cris Monteiro (NOVO) foi outra parlamentar a discursar sobre a saúde de Bruno Covas. “Vou me juntar a todos os nossos colegas e prestar aqui a minha homenagem, o desejo de saúde e de fortalecimento breve do prefeito Bruno Covas. Que ele fique rapidamente curado”.

Diversos parlamentares também desejaram boa gestão ao prefeito em exercício, Ricardo Nunes (MDB), durante este período em que ele estará à frente da Prefeitura de São Paulo.

Próxima sessão

A próxima Sessão Plenária está convocada para esta quarta-feira (5/5), às 15h. A Câmara Municipal de São Paulo transmite a sessão, ao vivo, por meio do Portal da Câmara, no link Plenário 1º de Maio, do canal do Legislativo paulistano no YouTube e do canal 8.3 da TV aberta digital (TV Câmara São Paulo).

Os discursos da Sessão Plenária desta terça-feira estão disponíveis no canal da Câmara Municipal de São Paulo no YouTube.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também