PL que coloca no fim da fila quem recusar vacina da Covid-19 em razão da marca tem parecer aprovado

João Raposo | REDE CÂMARA

JOTA ABREU

A CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa) aprovou durante reunião ordinária nesta quarta-feira (30/6) o parecer de legalidade ao PL (Projeto de Lei) 441/2021 de autoria do vereador Carlos Bezerra Jr. (PSDB), que estabelece alteração no protocolo de vacinação na cidade de São Paulo para aqueles que se recusarem a tomar a vacina contra a COVID-19 devido unicamente à marca do imunizante. 

De acordo com a proposta do vereador, a ideia é retirar do cronograma de vacinação a pessoa que recusar o imunizante, e incluir novamente na programação somente após o término da vacinação dos demais grupos previamente estabelecidos. Segundo o autor, a iniciativa de colocar a pessoa no “fim da fila” é uma iniciativa importante para agilizar a vacinação da chamada “xepa”. 

Também foi aprovado parecer ao PDL (Projeto de Decreto Legislativo) 20/2021, de autoria dos vereadores Marcelo Messias (MDB) e Sandra Tadeu (DEM), que concede Título de Cidadão Paulistano (Póstumo) ao prefeito Bruno Covas, morto em maio deste ano. Bruno Covas nasceu em Santos (SP), foi deputado estadual, deputado federal, vice-prefeito e prefeito de São Paulo entre abril de 2018 e março de 2021. 

A reunião ordinária desta quarta-feira foi conduzida pelo presidente, vereador Carlos Bezerra Jr. (PSDB), e contou com a participação dos vereadores Alessandro Guedes (PT), Faria de Sá (PP), Gilberto Nascimento Jr. (PSC), Professor Toninho Vespoli (PSOL), Rubinho Nunes (PSL), Sandra Tadeu (DEM), Sansão Pereira (REPUBLICANOS) e Thammy Miranda (PL).

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também