Fale com seu vereador

Biografia

Rubens “Rubinho” Alberto Gatti Nunes nasceu em Vinhedo no dia 02 de junho de 1988. É advogado, formou-se em Direito e Ciências Sociais na PUC, é pós-graduado em Direito e Processo do Trabalho pelo Mackenzie, pós-graduado em Direitos Fundamentais pela Universidade de Coimbra/IBCCRIM e especialista em Direito Constitucional e Empresarial.

Tem como maior inspiração na política seu pai, Rubens Nunes, vereador de Vinhedo que, atualmente, exerce o quarto mandato. Em 2014, fundou o Movimento Brasil Livre (MBL), tornando-se uma das principais lideranças das maiores manifestações da história do Brasil em 2016, que lutavam pelo impeachment da ex-presidente Dilma Rousseff (PT). Pelo impeachment, Rubinho conversou com mais de 300 políticos, entre deputados e senadores, para articular votos pelo afastamento da petista. Em 2018, enquanto o ex-presidente Lula estava preso, Rubinho acionou a Justiça e conseguiu cortar seus privilégios, como motorista, assessores, cartão corporativo etc. Exerceu todo um trabalho de economia milionária do dinheiro público antes de sequer ter exercido qualquer mandato eletivo.

Rubinho se destaca pela luta contra a corrupção, incentivo ao empreendedorismo, desburocratizações e liberdade econômica. Vereador que mais economizou dinheiro público sem nunca ter exercido mandato, Rubinho economizou a surpreendente quantia de R$ 41,2 milhões do dinheiro público, através de ações públicas movidas perante a Justiça.

Principais exemplos:



  • Vetou o gasto de R$ 10 milhões que o prefeito Bruno Covas (PSDB) pretendia pagar um programa de Arte Nas Janelas, em meio à pandemia do coronavírus;

  • Impediu que o governador João Doria (PSDB) gastasse R$ 15 milhões para fazer um mapeamento de pessoas que estivesse criticando o governo do Estado;

  • Barrou o bônus natalino de R$ 10 milhões que a Alesp (Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo) estava prestes a pagar aos próprios servidores.

Nota: Este texto foi produzido por e é de responsabilidade do gabinete de Rubinho Nunes.