Setembro Amarelo: Prevenção ao suicídio é dos um dos destaques da sessão desta terça

Afonso Braga | REDE CÂMARA

Sessão Plenária desta terça-feira (31/8)

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

Na Sessão Ordinária desta terça-feira (31/8), vereadores da Câmara Municipal de São Paulo utilizaram a tribuna do Plenário 1º de Maio e o sistema virtual do Parlamento paulistano para expor opiniões e discursar sobre assuntos de interesse público. Após a abertura da sessão, o presidente da Casa, vereador Milton Leite (DEM), passou a condução dos trabalhos para a vice-presidente do Legislativo paulistano, vereadora Rute Costa (PSDB).

Setembro Amarelo

A campanha de prevenção ao suicídio, instituída como Setembro Amarelo, foi tema de discursos no Plenário. Parlamentares defenderam o fortalecimento de políticas públicas para evitar o crescimento dos casos e oferecer apoio aos cidadãos.

Para o vereador Eli Corrêa (DEM), o assunto é relevante e merece ser tratado com atenção. “O mês de setembro é de conscientização de combate ao suicídio. No Brasil, com a pandemia, com os problemas econômicos e de desemprego, temos visto, infelizmente, muitas pessoas com a saúde mental comprometida e colocando fim à vida”.

A vereadora Erika Hilton (PSOL) destacou uma série de fatores de risco para o suicídio. “A vulnerabilidade, a precariedade e a fome têm assolado o nosso país. E nós sabemos que, muitas vezes, as pessoas chegam ao suicídio exatamente por não terem perspectivas, por não encontrarem mais respostas e saídas para as suas angústias, aflições e medos”.

De acordo com a OMS (Organização Mundial da Saúde), o suicídio é uma das principais causas de morte em todo o mundo. Segundo a entidade, em 2019, mais de 700 mil pessoas cometeram suicídio – uma em cada 100 pessoas.

Educação

Entre os temas tratados pelo vereador Delegado Palumbo (MDB), ele defendeu que os professores da rede municipal de ensino não sejam transferidos para escolas localizadas distantes do endereço de onde moram.

“Independentemente de Estágio Probatório ou não, nós temos que dar um bem-estar a esse funcionário público, para o professor. Se ele mora na Zona Norte, que trabalhe na Zona Norte. E não como a gente vê em muitos casos de professores que moram no extremo Sul da cidade de SP e são transferidos ou estão dando aula no extremo Norte”, falou Palumbo.

Combate à pirataria

Da tribuna do Plenário, o vereador João Jorge (PSDB) destacou a importância de combater a pirataria na capital paulista. O parlamentar frisou que esse tipo de comércio é ilegal e traz prejuízos fiscais e econômicos para a cidade de São Paulo.

“Prejudica a geração de emprego e compromete o pagamento de impostos. Enquanto as grandes marcas, sim, elas se preocupam em gerar emprego e pagar os impostos”. João Jorge mencionou ainda que as operações para coibir o contrabando na cidade foram evidenciadas na gestão de Bruno Covas. “A Prefeitura de SP não faz sozinha esse combate à pirataria. Ela faz com a Receita Federal, a Polícia Civil, a Polícia Militar e a GCM (Guarda Civil Metropolitana). E tem dado bons resultados. Com isso, muitas coisas são apreendidas e assim vamos salvar milhares de empregos”.

Mudança na liderança do PSOL

A líder da bancada do PSOL na Casa, vereadora Luana Alves (PSOL), informou na sessão de hoje que a partir de amanhã (1/9) o vereador Professor Toninho Vespoli (PSOL) assume a liderança do partido na Câmara.

“Agradeço toda a receptividade com que fui recebida. Agora, os assuntos da liderança do PSOL serão tratados com o vereador Professor Toninho Vespoli”, disse Luana.

Colégio de Líderes

JRaposo | REDE CÂMARA

Colégio de Líderes desta terça-feira (31/8)

Antes da Sessão Plenária de hoje, lideranças partidárias participaram do Colégio de Líderes.  Na reunião, foi discutida a pauta do Plenário desta quarta-feira (1/9).

De acordo com o chefe do Parlamento paulistano, vereador Milton Leite (DEM), a intenção da Câmara Municipal de São Paulo é votar em primeiro turno o PL (Projeto de Lei) 497/2021, do Executivo, que prevê a regulamentação de concursos públicos da administração municipal. Também está prevista a deliberação de projetos de autoria de vereadores.

A lista com os projetos que devem ser apreciados no Plenário ficará disponível no link Pauta das Sessões a partir de amanhã.

Próxima sessão

A próxima Sessão Plenária está convocada para esta quarta-feira (1/9), às 15h. A Câmara Municipal de São Paulo transmite a sessão, ao vivo, por meio do Portal da Câmara, no link Plenário 1º de Maio, do canal do Legislativo paulistano no YouTube e do canal 8.3 da TV aberta digital (TV Câmara São Paulo).

Assista aqui à Sessão Plenária de hoje.

 

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também