Bruno Covas: lideranças partidárias prestam homenagem em ato ecumênico na Câmara

JRaposo | REDE CÂMARA

Ato Ecumênico em Memória de Bruno Covas na Câmara Municipal de São Paulo

DANIEL MONTEIRO
HOME OFFICE

Lideranças partidárias da Câmara Municipal de São Paulo se manifestaram em homenagem ao prefeito Bruno Covas na tarde desta quinta-feira (20/5), durante ato ecumênico realizado no Salão Nobre Presidente João Brasil Vita, na sede do Legislativo paulistano.

Falando em nome de todos os vereadores da Câmara, o vereador Xexéu Tripoli (PSDB), líder do PSDB na Casa, destacou o significado da homenagem feita a Covas, falecido no último domingo (16/5). “Eu tenho certeza que a diversidade é a melhor forma de homenagear Bruno Covas. Aqui temos a diversidade representada por todas as religiões, mas também pelas diferenças ideológicas e políticas dos vereadores presentes. O bonito e fascinante dessa vida é ver que, sentados nesse Salão Nobre, somos todos iguais: iguais no respeito à opinião alheia, iguais no respeito à memória de um ser humano incrível, iguais na saudade que já estamos sentindo”, comentou.

Existe um simbolismo muito grande por trás dessa cerimônia. Aqui estamos na casa do povo, somos a casa da democracia. Aqui honramos a liberdade que Bruno Covas tanto valorizava. Aqui fazemos e faremos a política que ele defendeu no dia das nossas posses. A política é a arte de fazer juntos. Por ele reafirmamos nosso compromisso de não colocar partidos, cargos ou qualquer outra coisa acima do que mais importa: a população da cidade de São Paulo”, finalizou Tripoli.

No ato ecumênico, o vereador André Santos (REPUBLICANOS), líder do Republicanos na Câmara, exaltou a figura do prefeito Bruno Covas. “Nós tivemos três palavras que foram difundidas de maneira muito forte e que marcaram a história do Bruno aqui na cidade: força, foco e fé. A força do Bruno, para quem o conheceu como eu conheci, era a sua palavra. Ele era um homem de palavra. Foco. Mesmo diante de toda a batalha dele contra o câncer, em nenhum momento nós vimos esse homem perder o foco: foco em cuidar do filho, foco em cuidar da cidade, foco em cuidar das pessoas que conviviam com ele. Fé. Na primeira vez que eu conversei com o Bruno, uma coisa que eu vi foi firmeza. Poucas pessoas que eu conheci na vida eram tão firmes como o Bruno. Firme na sua palavra. E, para quem não sabe, eu estive com ele na semana passada, na terça-feira, e uma coisa que observei, por isso essa parte da fé: eu nunca vi o Bruno ficar se lamentando. Nunca! Ele estava lúcido no hospital, mas em nenhum momento ele ficou se lamentando”, disse.

Presente ao ato ecumênico, a vereadora Janaína Lima (NOVO), líder do NOVO na Câmara, se manifestou nas redes sociais. “Hoje foi celebrado um culto em memória ao prefeito Bruno Covas na Câmara Municipal de São Paulo. Todas as homenagens lhe são merecidas. Ainda não nos recuperamos dessa falta, mas foi um momento emocionante e mais uma chance de lembrar o honrado homem que nos deixou tão jovem”, destacou.

Por recomendação médica, o líder do PT na Câmara, vereador Eduardo Suplicy (PT), acompanhou a homenagem de maneira virtual e também se manifestou em suas redes sociais prestando condolências ao prefeito Bruno Covas. “Prezado presidente Milton Leite; Prezado prefeito Ricardo Nunes: transmito os meus profundos sentimentos de pesar pelo falecimento do querido prefeito Bruno Covas. O abraço amigo, Eduardo Matarazzo Suplicy”, escreveu.

Líder do governo na Câmara, o vereador Fabio Riva (PSDB) participou do ato ecumênico e foi outro a se manifestar nas redes sociais. “A saudade é grande, e nos faz lembrar da competência, do caráter e do desejo do Bruno para melhorar a nossa cidade. Ao Bruno tenho uma eterna gratidão, pela amizade e aprendizado que recebi ao seu lado. Amigo, olha por nós aí de cima, que aqui embaixo vamos seguir cuidando das pessoas, como você fez até o seu último dia”, comentou.

Presente ao ato na Câmara, o vereador Isac Félix (PL), líder do PL na Casa, também falou nas redes sociais sobre a homenagem realizada pelo Legislativo paulistano. “Hoje tivemos a homenagem oficial da Câmara Municipal de São Paulo, com todos os vereadores eleitos para honrar nosso querido prefeito Bruno Covas (in memoriam). Bruno mais uma vez foi lembrado como uma pessoa humilde, querida e que deixou um legado de luta e muito trabalho em nossa cidade. Todos nós temos muitos momentos bons e muita gratidão por tudo que vivemos ao lado deste homem exemplar. Foi um grande amigo e deixará muitas saudades”, expressou o vereador.

Líder do PSB na Câmara, o vereador Camilo Cristófaro (PSB) falou da tristeza com o falecimento do prefeito Bruno Covas. “Hoje acordei e já percebi que seria um dia muito pesado. Eu me senti angustiado do acordar até o momento em que voltei para casa. Eu perdi um amigo. Eu perdi um cara brincalhão. Eu perdi um ser humano de caráter e do bem. Hoje eu perdi o chão. Hoje eu percebi que não vou mais ver o Bruno. Hoje eu caí na realidade. Nós nos gostávamos gratuitamente. Não consegui permanecer no culto”, desabafou.

Outro a homenagear o prefeito Bruno Covas foi o vereador Milton Ferreira (PODE), líder do bloco Podemos – Solidariedade – PP. “A trajetória do saudoso prefeito Bruno Covas estará marcada na história da cidade de São Paulo pelo seu espírito republicano, clareza e sua objetividade na forma de enfrentar e tratar os problemas nessa cidade tão complexa. Vai ficar para sempre marcado”, disse o vereador.

Luana Alves, líder do PSOL, manifestou tristeza e ressaltou a luta de Bruno Covas. “Ficamos entristecidos com a morte precoce de Bruno Covas. Independente de posições partidárias e ideológicas, é triste ver uma perda de vida humana, ainda mais nessa idade. Bruno Covas batalhou contra uma doença terrível, avassaladora.”

A líder do PSD, vereadora Edir Sales (PSD), falou da emoção que sentiu ao participar do ato. “Foi um momento de muita emoção estar ao lado dos meus colegas e líderes religiosos para prestar essa justa homenagem ao nosso querido amigo e prefeito Bruno Covas. Não existem dúvidas de que ele foi uma pessoa muito querida, independente de partido ou religião. Deus quis que sua passagem por aqui fosse breve, mas isso não o impediu de deixar um grande legado na política e na vida, o que certamente é motivo de muito orgulho para todos nós”.

A íntegra do ato ecumênico pode ser vista neste link.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também