Comissão de Administração Pública dá parecer favorável a Tarifa do Madrugador

MARIANE MANSUIDO
DA TV CÂMARA

A Comissão de Administração Pública deu parecer favorável ao Projeto de Lei (PL) 144/2016 do vereador Mário Covas Neto (PSDB), que cria a tarifa do madrugador.

A prática já existe no Metrô e na Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O Projeto permite a cobrança de um preço menor no valor da passagem aos usuários que utilizarem os ônibus entre as 4h e às 6h, nos dias de semana, e aos sábados. O desconto determinado pela Prefeitura pode chegar até 70% do valor da tarifa normal.

“Isso serve para você incentivar as pessoas a transitarem um pouco mais cedo, portanto distribuindo melhor o fluxo de passageiros no transporte coletivo. Mas além disso, aquelas pessoas que são obrigadas a saírem mais cedo, porque moram muito longe, teriam um benefício por esse transtorno de ficar tanto tempo no transporte coletivo”.

A Comissão de Administração Pública também aprovou a realização de Audiência pra discutir cortes de convênio na Secretaria de Assistência Social que deverão ser realizados pela Prefeitura.

O vereador Alfredinho (PT), autor do requerimento, disse que a Secretaria de Finanças é fundamental nessa Audiência Pública para explicar o motivo dos cortes. “Não é falta de recursos. Se consultarmos o site da própria seretaria percebemos que há dinheiro em caixa. Eles têm de explicar agora porque não estão repassando os recursos para essas entidades”.

Veja também