Câmara de SP elege integrantes da nova Mesa Diretora para 2021

Afonso Braga | REDE CÂMARA

MARCO CALEJO
DA REDAÇÃO

Os integrantes da nova Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Paulo foram conhecidos nesta sexta-feira (1/1), em Sessão Solene, logo após a cerimônia de posse dos vereadores, do prefeito e do vice-prefeito.

Durante o processo eleitoral foram escolhidos o presidente, 1º vice-presidente, 2ª vice-presidente, 1ª secretária, 2° secretário, 1° suplente e 2° suplente da Casa. Também foi definido o novo corregedor-geral da Câmara.

O vereador Milton Leite (DEM) foi eleito presidente da Câmara com 49 votos. A concorrente a presidência da Casa, vereadora Erika Hilton (PSOL), recebeu seis votos.

Milton Leite fez um breve agradecimento pelos votos recebidos. “Obrigado a todos pela eleição, sem palavras. Cumprimento a vereadora Erika, que terá suas posturas respeitadas nesse Plenário”.

Para a 1ª vice-presidência da Câmara, a vereadora Rute Costa (PSDB) foi eleita com 48 votos favoráveis e sete abstenções. “Vou me empenhar em fazer jus ao voto dos colegas. Que todo o assunto referente às mulheres seja tratado com maior zelo e cuidado”.

O vereador Atílio Francisco (REPUBLICANOS) foi escolhido para ocupar o posto de 2° vice-presidente, com 49 votos favoráveis e duas abstenções. Atílio agradeceu a confiança. “Teremos, com certeza, uma gestão na Câmara Municipal de primeira linha. Vamos em frente, gente. São Paulo precisa de nós”, falou Atílio.

Já a vereadora Juliana Cardoso (PT) será a 1ª secretária. Ela foi eleita com 42 votos favoráveis e oito abstenções. “Meu compromisso vai ser com os vereadores e com os servidores públicos. É uma responsabilidade administrativa muito grande”.

Eleito para o cargo de 2° secretário, o vereador Fernando Holiday (PATRIOTA) foi escolhido com 41 votos a favor e oito abstenções. “Aproveito essa oportunidade para dizer que mais uma vez fazemos história na cidade de São Paulo.  Em 2016, elegemos pela primeira vez um LGBT assumido. E agora, pela primeira em vez, a Câmara tem em sua Mesa Diretora um homem negro e LGBT assumido de direita”.

Suplentes

Para a 1ª suplência da Mesa Diretora foi eleito o vereador George Hato (MDB), que obteve 46 votos favoráveis e uma abstenção. “Meu compromisso será trabalhar por São Paulo, no combate à pandemia e incentivar o esporte”.

A 2ª suplência ficou com o vereador Milton Ferreira (PODE), eleito com 48 votos a favor. “O meu compromisso com a cidade de São Paulo é que tenhamos uma cidade mais justa e com melhor distribuição de renda para as pessoas mais pobres”.

Corregedor-geral

Por fim, foi eleito para corregedor-geral da Câmara Municipal de São Paulo o vereador Gilberto Nascimento Jr.  (PSC), com 44 votos favoráveis. Concorrente ao cargo, o vereador Faria de Sá (PP) recebeu 1 voto. Foram registradas duas abstenções.

Gilberto Nascimento Jr. falou sobre o papel do corregedor-geral da Câmara. “Para apurar e responsabilizar alguns atos ou fatos que acontecerem nesta Casa. O ideal do corregedor é ter o menos trabalho possível. Isso significa que a Casa está com os seus atos em harmonia, mas com certeza o meu desejo é fazer um bom papel se preciso for”.

Assista aqui à eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal de São Paulo.

Uma Contribuição

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também