Vereadores aprovam Audiência Pública para ouvir secretário de Gestão

Luiz França/CMS

Comissão convidou o secretário municipal de Gestão, Paulo Antônio Spencer Uebel, para uma Audiência Pública

DA REDAÇÃO

A Comissão de Administração Pública aprovou nesta quarta-feira (7/6), por 4 votos a 3, o requerimento que convida o secretário municipal de Gestão, Paulo Antônio Spencer Uebel, para uma Audiência Pública na Casa.

Os vereadores querem mais informações sobre a atual política de concursos públicos da Prefeitura. De acordo com o autor do pedido, Antonio Donato (PT), há vários concursos “em aberto”, inclusive nas áreas da Educação e Saúde.

“Existe uma expectativa de quem passou nesses concursos e ainda não foi chamado. Queremos saber se esses concursos serão respeitados ou não pelo governo. Por isso pedimos essa Audiência Pública. Existem várias comissões de concursados que poderão vir aqui e fazer suas perguntas diretamente ao secretário”, justificou.

O vereador Gilson Barreto (PSDB), por outro lado, não vê necessidade da realização da Audiência Pública com o secretário Uebel.  De acordo com ele, o motivo da demora é o Orçamento.

“O Município não vai chamar ninguém que passou nos concursos agora, por questões financeiras. Nós temos a lei da responsabilidade fiscal e o Prefeito tem que respeitar. Sabemos que houve uma queda no orçamento e, se chamarmos todos agora, como é que a Prefeitura vai pagar? Por isso temos de analisar com cautela”, ponderou.

Assim como Barreto, os vereadores Fernando Holiday (DEM) e André Santos (PRB) também votaram contra a realização da Audiência Pública com o secretário municipal de Gestão.

Já os vereadores Alfredinho (PT), Toninho Paiva (PR) e Patrícia Bezerra (PSDB), acompanharam o voto de Donato, autor do requerimento.  A data ainda não foi definida.

No começo da reunião, os vereadores adiaram mais uma vez a discussão sobre o Projeto de Lei (PL 246/2017) . A proposta tem a assinatura de 19 vereadores e define regras para futuras privatizações ou contratos da Prefeitura de São Paulo com a iniciativa privada.

Veja também