Alienação parental: conscientizar é proteger as crianças

VEREADORA ADRIANA RAMALHO (PSDB)

A alienação parental é um dos temas mais delicados tratados pelo direito de família, considerando os efeitos psicológicos e emocionais que a prática desses atos pode provocar nas relações entre crianças e adolescentes e seus pais, avós e familiares.

Trata-se toda interferência na formação psicológica da criança ou adolescente, promovida por pais ou responsáveis, para afastar essa criança ou adolescente de outro genitor, com graves consequências psicológicas e emocionais para aquela criança ou adolescente, que podem se manifestar pelo resto da vida.

Por isso, a lei 17.016/2018, de minha autoria, instituiu a Semana de Conscientização e Prevenção à Alienação Parental na cidade de São Paulo, um evento anual que aconteceu pela primeira vez neste mês de abril.

Idealizada pela advogada de família, Dra. Kátia Boulos, a semana tem o objetivo de aumentar a consciência e, consequentemente, prevenir esses atos. Para isso, tivemos uma programação com grandes especialistas que atuam nesse tema, nas áreas do Direito, Psicologia, Assistência Social, entre outros, em diferentes regiões da cidade, para democratizar o acesso a esse debate tão importante.

Promover o diálogo, conscientizar a sociedade e profissionais que lidam com esses casos é uma forma de proteger nossas crianças e adolescentes. Um esforço que deve ser de todos nós!

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também