Administração Pública vota requerimentos e escolhe vice-presidente

Reunião da Comissão de Administração Pública Foto: Luiz França / CMSP

DA REDAÇÃO

Durante a primeira reunião da Comissão de Administração Pública quatro requerimentos do vereador Antonio Donato (PT), receberam parecer favorável e o vice-presidente da comissão foi escolhido pelos parlamentares.

O destaque foi dado ao requerimento 01/2017 que questiona a privatização de 55 lotes pela administração pública. Segundo o requerimento, esta foi uma das pautas da viagem do prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), à Dubai, sem nenhuma divulgação oficial da prefeitura.

O documento solicita que o secretário Municipal de Desestatização e Parceiras do município compareça à Câmara Municipal de São Paulo para detalhar o programa ao colegiado.

O vereador Antonio Donato explica que o motivo de seu requerimento é conhecer o programa. “O prefeito está no Oriente Médio oferecendo um pacote de 55 privatizações e nem a população nem a Câmara conhecem esse pacote. Portanto, nosso objetivo é que a Casa seja informada dessas privatizações, além do prefeito estar vendendo algo que ainda não foi autorizado pela Câmara”, disse.

Para o vereador Quito Formiga (PSDB), tudo o que for apresentado à Comissão de Administração Pública será estudado profundamente. “Pedi imediatamente que fossem apresentadas as matérias referentes ao assunto, para ter noção do objetivo do requerimento”, explicou Quito.

Ainda durante a reunião, o vereador Gilson Barreto (PSDB) foi escolhido por unanimidade à vice-presidente da comissão. O parlamentar diz que pretende trabalhar muito durante este ano e prevê vários desafios durante seu mandato.

A próxima reunião da Comissão de Administração Pública está marcada para a próxima quarta-feira (22/2), no Plenário 1º de Maio.

Veja também