Saúde dos povos indígenas no contexto urbano será tema de audiência da Comissão de Saúde 

GIOVANNA CECCHI
HOME OFFICE

A saúde dos povos indígenas da cidade de São Paulo será discutida em Audiência Pública da Comissão de Saúde, Promoção Social, Trabalho e Mulher na próxima segunda-feira (30/8).

A audiência atende requerimento da vereadora Juliana Cardoso (PT) e tem como objetivo debater a saúde de indígenas residentes em terras não homologadas e em contexto urbano, considerando as demandas e particularidades com foco na situação de pandemia.

Participação e transmissão

A Audiência Pública será transmitida ao vivo pelo Portal da Câmara, através do link Auditórios Online, ou pelas redes sociais do Legislativo paulistano, como o canal da Câmara no YouTube . O munícipe que quiser participar do debate, por meio de videoconferência, pode inscrever-se através deste link ou enviar sugestões por escrito por meio do formulário disponível aqui.

 

Serviço:
Audiência Pública virtual da Comissão de Saúde, Promoção Social, Trabalho e Mulher
Tema: Saúde Indígena em Contexto Urbano
Data: 30/8
Horário: 14h
Local: Auditórios Online
Informações: saude@saopaulo.sp.leg.br

8 Contribuições

Kwarahy Tenetehar

O sermos iguais perante a lei é garantia normatizada em letra morta.
As desigualdades criadas pelo Estado estimula as lutas e o Estado continua com seus ataques, omissões e sem reparações sociais. Quando se trata das lutas indígenas, tudo se agrava. Pois a intenção de 1500, está se fortalecendo. A resistência se fortalece. Vacina para indígenas é uma dívida do Estado. O indígena está na cidade construída sobre as nossas aldeias.

Responder
Regina Ines Villas Boas Estima

Parabéns vereadora pela iniciativa . Temos que zelar pelos nossos Guaranis que habitam São Paulo. na conquista de seus direitos sociais .

Responder
Lenira Machado

SUS é Saúde para Todos! Ao final de agosto, mês das lutas dos Povos Indígenas, temos que apoiar as lutas contra o Marco Temporal, PL 490 . Respeito aos Direitos Fundamentais, saúde, educação, respeitando sua cultura e modo de vida

Responder
Ovp-dh.org

O descaso com q as autoridades tratam as regras da cidadania no que concerne as populações em situação de vulnerabilidade atinge diretamente as pessoas que integram a comunidade dos povos originários.

Responder
Cecilia Loeb

Inaceitável que pessoas não tenham seu direito à vacina dificultado por viverem numa cidade.
Ninguém muda de etnia por causa do endereço!!!!!

Responder

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também