Criação do Observatório Contra a Fome é aprovada na Comissão de Direitos Humanos

MARIANE MANSUIDO
HOME OFFICE

Em reunião nesta quinta-feira (29/4), a Comissão Extraordinária de Direitos Humanos e Cidadania aprovou requerimento que cria o Observatório Contra a Fome na cidade de São Paulo. A finalidade é analisar, monitorar e sistematizar as informações e demandas, em diálogo com movimentos sociais, entidades, coletivos, grupos e demais organizações da sociedade civil, em relação ao combate à fome.

A criação do Observatório considera as dificuldades socioeconômicas trazidas pela pandemia, o impacto na população mais vulnerável e a urgência de políticas de segurança alimentar no município, fatores especialmente discutidos na última Audiência Pública do colegiado, no dia 9 de abril.

O trabalho deve ter duração de 180 dias e, de acordo com a autora da proposta, vereadora Erika Hilton (PSOL), presidente da Comissão, deve dialogar em harmonia com as ações realizadas pela Frente Parlamentar Contra a Fome da Câmara Municipal de São Paulo.

Também participaram da reunião os vereadores Eduardo Suplicy (PT), Paulo Frange (PTB) e Dr. Sidney Cruz (SOLIDARIEDADE)

 

2 Contribuições

Cláudio Carvalho

Parabéns Pres. da Comissão Erika Hilton e a todos os digníssimos Vereadores envolvidos nesta questão Coloco a disposição o COMUSAN (Conselho Municipal de Segurança Alimentar Nutricional de São Paulo) para juntos atuar nesta questão. Grande Abraço Cláudio Carvalho – Presidente do COMUSAN SP CEL. 11 98156-0733

Responder
Cláudia

Gostaria de saber como irá funcionar na prática. Como a sociedade civil pode participar?

Obrigada!

Responder

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também