Comissão de Direitos Humanos discute situação de entregadores durante a pandemia

DANIEL MONTEIRO
HOME OFFICE

As condições de trabalho dos entregadores durante a pandemia do novo coronavírus (causador da Covid-19) serão debatidas na próxima reunião ordinária virtual da Comissão Extraordinária de Direitos Humanos e Cidadania da Câmara Municipal de São Paulo, marcada para terça-feira (07/7), às 9h30.

O encontro pode ser acompanhado, ao vivo, pelo portal do Legislativo paulistano no link Auditórios Online ou pelo canal do YouTube da Câmara Municipal de São Paulo.

O tema da reunião ganha mais relevância diante das manifestações da categoria, ocorridas na última quarta-feira (01/7), quando entregadores de todo o país que prestam serviços através de aplicativos entraram em greve por um dia.

Eles reivindicam aumento do valor mínimo das corridas, aumento do valor mínimo por quilômetro percorrido, seguro contra roubo e acidente, fim do sistema de pontuação dado aos entregadores, fim dos bloqueios arbitrários por meio dos aplicativos e a concessão de auxílio-pandemia, com a distribuição de EPIs (Equipamentos de Proteção Individual) e licença remunerada caso eles sejam diagnosticados com a Covid-19.

Vale destacar que o trabalho de entregador é considerado essencial, de acordo com decreto presidencial que disciplina as atividades a serem executadas durante a pandemia do novo coronavírus.

 

Serviço:
8ª Reunião Ordinária Virtual da Comissão Extraordinária de Direitos Humanos e Cidadania
Data: 07/7
Horário: 9h30
Local: Auditório Virtual

Veja também