População pede mais parques em reunião da Comissão do Meio Ambiente

EXTRAORDINARIA DE MEIO AMBIENTE-03-03-2015 FRANCA-EDIT-04255-72ABRE

Reunião da Comissão de Meio Ambiente da Câmara          Foto: Luiz França / CMSP


DA REDAÇÃO

Representantes de diversas regiões de São Paulo participaram nesta terça-feira (3/3) na Câmara Municipal da reunião da Comissão do Meio Ambiente para pedir a ampliação de áreas verdes e a criação de novos parques no município.

Segundo o militante Wesley Rosa, integrante do coletivo Salvem a Represa Billings, a prefeitura pretende construir unidades habitacionais em um terreno localizado no Jardim Apurá, zona sul, que estava destinado para a criação de um parque. Em março de 2012, o então prefeito Gilberto Kassab decretou a utilidade pública da área, mas a medida foi revogada em dezembro do ano passado.

“Esse é o último bioma de Mata Atlântica da região e acreditamos que ele deve ser conservado para garantir a qualidade de vida dos habitantes. A prefeitura quer construir 193 prédios às margens da Represa Billings e adensará a população, deixando somente metade da área verde preservada”, sinalizou Rosa.

Durante o debate, a possível reintegração de posse de um terreno reivindicado por ativistas para se tornar o Parque Augusta, na área central, também foi criticada. A ação deverá ser realizada nesta quarta-feira. “A população precisa participar do movimento para que o parque seja construído, e não permitir essa reintegração. Estamos o dia todo cuidando dos terrenos e plantamos centenas de árvores, declarou o militante Aurélio Prates, que também defendeu o Parque dos Búfalos.

Para o vereador Toninho Vespoli (PSOL), é necessário discutir a criação dos parques. “Tem muito jogo de interesse em tudo isso e estamos perdendo nossos parques por conta da especulação imobiliária, que quer o lucro fácil em detrimento do que vai ser tornar essa cidade, do que vai virar esse país. Tudo isso para contemplar alguns empreendimentos imobiliários que já ganham lucros exorbitantes”, disse.

O presidente do colegiado, vereador Natalini (PV), fez um balanço dos trabalhos desenvolvidos pela Comissão do Meio Ambiente e explicou que a defesa dos parques foi uma das principais iniciativas dos parlamentares. “Convidamos alguns representantes de lutas de parques e áreas verdes para dar um balanço da nossa participação na questão da implantação dos parques”, disse.

One Comment

Diego Brea

Necessitamos de mais parques e áreas verdes em São Paulo, precisamos que o governo continue seguindo e priorizando o Plano Diretor. Estas novas áreas serão opções de lazer, como atualmente temos com o parque do Povo e parque do Ibirapuera. AS ciclovias deveriam passar pelos novos parques e áreas de lazer.

Comentários estão fechados

Veja também