Aprovado tempo máximo para atendimento do SAMU e localização das viaturas por GPS

Luiz França/CMSP

DA REDAÇÃO

Durante a Sessão Plenária desta quarta-feira (12/2), os vereadores aprovaram, em segunda discussão, o PL (Projeto de Lei) 569/2017, dos vereadores Alessandro Guedes (PT) e Soninha Francine (CIDADANIA).

O projeto determina o tempo máximo para a assistência do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) na capital paulista.

Além do tempo de atendimento, a proposta determina a obrigatoriedade do serviço de localização em tempo real das viaturas por GPS, como acontece nos ônibus do transporte público municipal.

Tempos, máximo e estimado

De acordo com o texto da proposta, as ocorrências deverão ser atendidas em até 30 minutos após a solicitação.

O PL também determina que os atendentes da linha telefônica do SAMU informem ao solicitante qual o prazo estimado para a chegada da ambulância no local da ocorrência.

Agora, o projeto segue para sanção ou veto do prefeito Bruno Covas (PSDB).

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também