Nos próximos encontros, Frente Parlamentar Contra a Fome debate sobre cozinhas comunitárias e solidariedade na pandemia

IARA SILVA
HOME OFFICE

Dando sequência ao cronograma de atividades, a Frente Parlamentar Contra a Fome realiza na segunda-feira (3/5), às 18h, o terceiro encontro virtual do grupo suprapartidário da Câmara Municipal de São Paulo. O tema da transmissão será “São Paulo, Pandemia e as Cozinhas Comunitárias”.

Participarão do debate as vereadoras Cris Monteiro (NOVO) e Janaína Lima (NOVO), Carlos Kaufmann,idealizador do projeto Unidos do Bem, e Tom Rodrigues Rocha, coordenador do projeto Jovens em Missão.

O evento será transmitido pelo Portal da Câmara, via Auditórios Online, além do canal da Câmara no YouTube e a página do Legislativo paulistano no Facebook.

Projetos sociais

O projeto Unidos do Bem surgiu no início da pandemia, quando o casal Carlos Kaufmann e Denise Largman decidiram usar seu espaço de eventos para fazer e distribuir marmitas para pessoas em situação de rua. Em um ano de existência, o projeto chegou a distribuir cerca de 2500 refeições por dia.

Já o projeto Jovens em Missão, existe há 3 anos e diariamente doa de 100 a 300 marmitas. Além disso, faz frequentemente a distribuição de cestas básicas para comunidades da Zona Sul de São Paulo. São 40 voluntários envolvidos na ação.

Solidariedade durante a pandemia

Já no último encontro da programação da Frente Parlamentar Contra a Fome, que acontecerá no dia 10 de maio, às 18h, o tema para discussão será “São Paulo, Pandemia e a Solidariedade”. O evento virtual é o quarto de uma série que está sendo realizada desde o dia 19 de abril e tem transmissão ao vivo pelo Portal da Câmara, por meio dos Auditórios Online, na página da Câmara no Facebook e no canal do YouTube.

Nos encontros anteriores, os temas foram: a pandemia em São Paulo, insegurança alimentar e as cozinhas comunitárias da cidade.

Convidados

Desta vez, as vereadoras Cris Monteiro (NOVO) e Janaína Lima (NOVO) recebem para o debate o presidente do G10 Favelas, Gilson Rodrigues, e a presidente da UNIBES, Denise Antão.

O G10 Favelas é uma organização sem fins lucrativos formada por líderes e empreendedores de impacto social de comunidades. A entidade já ajudou mais de 200 mil pessoas.

Já a UNIBES (União Brasileiro Israelita do Bem Estar Social), foi fundada em 1915 a partir da união de grupos e organizações com o objetivo de ajudar imigrantes recém-chegados no Brasil.

Acompanhe a agenda e outras informações da Frente Parlamentar Contra a Fome da Câmara Municipal de São Paulo clicando aqui.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também