Frente Parlamentar de Contra a Fome é lançada na Câmara

MARCELO FIGUEIREDO
HOME OFFICE

Ocorreu na tarde desta quinta-feira (25/3) o lançamento da Frente Parlamentar Contra a Fome, proposta por meio do PR (Projeto de Resolução) 9/2021 das vereadoras Janaína Lima (NOVO) e Cris Monteiro (NOVO), que contou com a coautoria de outros 22 vereadores e tem como meta o fim da fome na cidade de São Paulo.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 10 milhões de pessoas passam fome no Brasil e a Frente surge como um importante instrumento para a criação de propostas que fortaleçam políticas de longo prazo para que as pessoas tenham uma alimentação digna na cidade de São Paulo.

“Hoje é um dia muito especial, porque hoje significa um marco de união aqui na Câmara Municipal de São Paulo. A fome ainda é hoje um dos maiores flagelos da humanidade e a pandemia do novo coronavírus expôs ainda mais a sua gravidade. Na cidade de São Paulo, a maior da América Latina, milhares de pessoas acordam e ainda não comeram. Crianças nesse momento sem saber se ate dormirem colocaram algum alimento na boca. Para reforçar todos os esforços de mudança nesse cenário, estamos lançando agora a Frente Parlamentar Contra a Fome na cidade de São Paulo. Esta frente irá trabalhar firme na realização de estudos, criar um plano de ação para garantir alimentação adequada para todos os cidadãos paulistanos e reduzir o desperdício de alimentos”, resumiu a vereadora Janaína Lima (NOVO), ao dar início aos trabalhos da frente.

“Quero cumprimentar a Janaína e a todos vereadores e vereadoras que vão participar nessa frente, e entidades também que fazem parte dessa Frente Parlamentar de Combate à Fome”, parabenizou a vereadora Sandra Tadeu (DEM), relembrando o caráter suprapartidário da Frente e a importância da participação das entidades representativas.

“Eu espero que essa Frente Parlamentar possa desenvolver trabalhos importantes e atuar também na construção de políticas públicas que deem subsídio à sociedade civil no enfrentamento à fome”, ressaltou a vereadora Erika Hilton (PSOL), pontuando que essa tem sido umas das maiores demandas recebidas na Câmara Municipal de São Paulo.

“A fome já é uma realidade no nosso país há muito tempo e se acentuou em muito por conta da pandemia, por conta da situação de desemprego dentro da nossa cidade, dentro do nosso país”, relembrou o vereador André Santos (REPUBLICANOS), que desejou que a Frente se torne um exemplo para o Brasil.

“Todos nós sabemos das dificuldades enfrentadas pela nossa população, nosso povo, que vem sofrendo com o desemprego crescente com o fechamento de estabelecimentos comerciais, pequeno e médio empreendedor, principalmente os periféricos estão aí suportando uma dificuldade ímpar e tudo acaba chegando nas pessoas em situação de vulnerabilidade”, destacou o vereador Dr. Sidney Cruz (SOLIDARIEDADE), ressaltando o papel da Frente na solução desse problema.

O vereador Thammy Miranda (PL) afirmou que “combater a fome precisa realmente de ações efetivas e que transforme realmente as demandas em políticas públicas”, mostrando que a instalação da Frente é um primeiro passo em busca de uma solução para uma necessidade urgente.

“Quero também saudar essa iniciativa para que venhamos a formar uma frente de combate à fome no Brasil”, disse o líder do PT na Câmara, vereador Eduardo Suplicy (PT), fazendo votos de que a iniciativa se espalhe pelo país.

A vereadora Cris Monteiro (NOVO) declarou que “a união da sociedade civil é o que de fato transforma. Quando a sociedade civil se junta com as políticas públicas, não tem como a gente errar”, também esperando que esse seja um primeiro passo rumo à solução plena da fome na cidade e no país.

Autoridades e representantes de entidades, instituições religiosas, movimentos sociais e da sociedade civil também estiveram presentes na reunião e ressaltaram a importância da iniciativa em meio à crise ocasionada pela pandemia de Covid-19.

Participaram virtualmente do lançamento da Frente Parlamentar Contra a Fome, os vereadores André Santos (REPUBLICANOS), Cris Monteiro (NOVO), Dr. Sidney Cruz (SOLIDARIEDADE), Eduardo Suplicy (PT), Erika Hilton (PSOL), Janaína Lima (NOVO), Sandra Tadeu (DEM), Sansão Pereira (REPUBLICANOS) e Thammy Miranda (PL).

A íntegra da reunião pode ser acessada neste link.

2 Contribuições

Maria José Ferreira da Silva

Bom dia nós da associação união farol do alvorecer da zona leste apoiamos a iniciativa dos nossos representantes vereadores de são Paulo.
Obrigada e contém com nosco.

Gidete Dias da Silva de Jesus

Bom dia a todas e a todos, ótima iniciativa por parte das vereadoras e vereadores preocupados com a situação da nossa gente num momento tão difícil que estamos vivendo em nosso país por conta do Corona vírus,vamos em frente pensando em nossa gente tão sofrida.

Contribuições encerradas.

Veja também