Frente Parlamentar Contra a Fome é lançada na Câmara

MARCELO FIGUEIREDO
HOME OFFICE

Ocorreu na tarde desta quinta-feira (25/3) o lançamento da Frente Parlamentar Contra a Fome, proposta por meio do PR (Projeto de Resolução) 9/2021 das vereadoras Janaína Lima (NOVO) e Cris Monteiro (NOVO), que contou com a coautoria de outros 22 vereadores e tem como meta o fim da fome na cidade de São Paulo.

Segundo o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), mais de 10 milhões de pessoas passam fome no Brasil e a Frente surge como um importante instrumento para a criação de propostas que fortaleçam políticas de longo prazo para que as pessoas tenham uma alimentação digna na cidade de São Paulo.

“Hoje é um dia muito especial, porque hoje significa um marco de união aqui na Câmara Municipal de São Paulo. A fome ainda é hoje um dos maiores flagelos da humanidade e a pandemia do novo coronavírus expôs ainda mais a sua gravidade. Na cidade de São Paulo, a maior da América Latina, milhares de pessoas acordam e ainda não comeram. Crianças nesse momento sem saber se ate dormirem colocaram algum alimento na boca. Para reforçar todos os esforços de mudança nesse cenário, estamos lançando agora a Frente Parlamentar Contra a Fome na cidade de São Paulo. Esta frente irá trabalhar firme na realização de estudos, criar um plano de ação para garantir alimentação adequada para todos os cidadãos paulistanos e reduzir o desperdício de alimentos”, resumiu a vereadora Janaína Lima (NOVO), ao dar início aos trabalhos da frente.

“Quero cumprimentar a Janaína e a todos vereadores e vereadoras que vão participar nessa frente, e entidades também que fazem parte dessa Frente Parlamentar de Combate à Fome”, parabenizou a vereadora Sandra Tadeu (DEM), relembrando o caráter suprapartidário da Frente e a importância da participação das entidades representativas.

“Eu espero que essa Frente Parlamentar possa desenvolver trabalhos importantes e atuar também na construção de políticas públicas que deem subsídio à sociedade civil no enfrentamento à fome”, ressaltou a vereadora Erika Hilton (PSOL), pontuando que essa tem sido umas das maiores demandas recebidas na Câmara Municipal de São Paulo.

“A fome já é uma realidade no nosso país há muito tempo e se acentuou em muito por conta da pandemia, por conta da situação de desemprego dentro da nossa cidade, dentro do nosso país”, relembrou o vereador André Santos (REPUBLICANOS), que desejou que a Frente se torne um exemplo para o Brasil.

“Todos nós sabemos das dificuldades enfrentadas pela nossa população, nosso povo, que vem sofrendo com o desemprego crescente com o fechamento de estabelecimentos comerciais, pequeno e médio empreendedor, principalmente os periféricos estão aí suportando uma dificuldade ímpar e tudo acaba chegando nas pessoas em situação de vulnerabilidade”, destacou o vereador Dr. Sidney Cruz (SOLIDARIEDADE), ressaltando o papel da Frente na solução desse problema.

O vereador Thammy Miranda (PL) afirmou que “combater a fome precisa realmente de ações efetivas e que transforme realmente as demandas em políticas públicas”, mostrando que a instalação da Frente é um primeiro passo em busca de uma solução para uma necessidade urgente.

“Quero também saudar essa iniciativa para que venhamos a formar uma frente de combate à fome no Brasil”, disse o líder do PT na Câmara, vereador Eduardo Suplicy (PT), fazendo votos de que a iniciativa se espalhe pelo país.

A vereadora Cris Monteiro (NOVO) declarou que “a união da sociedade civil é o que de fato transforma. Quando a sociedade civil se junta com as políticas públicas, não tem como a gente errar”, também esperando que esse seja um primeiro passo rumo à solução plena da fome na cidade e no país.

Autoridades e representantes de entidades, instituições religiosas, movimentos sociais e da sociedade civil também estiveram presentes na reunião e ressaltaram a importância da iniciativa em meio à crise ocasionada pela pandemia de Covid-19.

Participaram virtualmente do lançamento da Frente Parlamentar Contra a Fome, os vereadores André Santos (REPUBLICANOS), Cris Monteiro (NOVO), Dr. Sidney Cruz (SOLIDARIEDADE), Eduardo Suplicy (PT), Erika Hilton (PSOL), Janaína Lima (NOVO), Sandra Tadeu (DEM), Sansão Pereira (REPUBLICANOS) e Thammy Miranda (PL).

A íntegra da reunião pode ser acessada neste link.

2 Contribuições

Maria José Ferreira da Silva

Bom dia nós da associação união farol do alvorecer da zona leste apoiamos a iniciativa dos nossos representantes vereadores de são Paulo.
Obrigada e contém com nosco.

Responder
Gidete Dias da Silva de Jesus

Bom dia a todas e a todos, ótima iniciativa por parte das vereadoras e vereadores preocupados com a situação da nossa gente num momento tão difícil que estamos vivendo em nosso país por conta do Corona vírus,vamos em frente pensando em nossa gente tão sofrida.

Responder

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também