Agora é Lei: Denominação Parque Augusta – Prefeito Bruno Covas recebe sanção do prefeito

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

A partir de agora, o Parque Augusta passa a ser chamado de Parque Augusta – Prefeito Bruno Covas. É o que determina a Lei n° 17.639, de 15 de setembro de 2021, sancionada pelo prefeito Ricardo Nunes (MDB) na quarta-feira (15/9) e publicada no Diário Oficial desta quinta-feira (16/9).

A sugestão de incluir o nome de Bruno Covas na denominação do Parque foi apresentada pela Câmara Municipal de São Paulo por meio do PL (Projeto de Lei) 299/2021. O projeto foi aprovado em definitivo pela Casa em 25 de agosto deste ano.

Parque Augusta – Prefeito Bruno Covas

O espaço público fica no encontro das ruas Augusta, Caio Prado e Marques de Paranaguá, no bairro Cerqueira César, entre as regiões Central e Oeste da cidade de São Paulo.

De acordo com a Prefeitura de SP, o Parque Augusta – Prefeito Bruno Covas, que está sendo reformado, deve ser reaberto ao público em meados de outubro deste ano.

Segundo ainda a administração municipal, o local oferecerá diversos equipamentos, como academia ao ar livre, cachorródromo, área para slackline, redário e um espaço cultural para apresentações artísticas.

Autores da iniciativa

O Projeto de Lei que propôs o nome Parque Augusta – Prefeito Bruno Covas é de autoria do vereador Rodrigo Goulart (PSD), com coautoria de outros 38 parlamentares.

No dia da aprovação do PL na Casa, Goulart disse que a iniciativa visa preservar o nome de Bruno Covas na história da capital paulista. “Além do papel significativo que o Bruno teve por toda a cidade, teve também no Parque Augusta. O Bruno teve um papel fundamental na discussão de décadas para a criação do Parque, quando, em 2019, ele assinou a concessão definitiva. Com certeza, é uma homenagem merecida”.

Bruno Covas morreu vítima de câncer, aos 41 anos, no dia 16 de maio deste ano.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também