Táxis paulistanos podem ser declarados Patrimônio Cultural Imaterial da cidade

LETÍCIA GOMES
DA REDAÇÃO

O PL (Projeto de Lei) 576/2018, de autoria do vereador Adilson Amadeu (PTB), propõe declarar o serviço de táxi  de São Paulo Patrimônio Cultural Imaterial do Município. Com a aprovação do PL, o serviço passaria a ser protegido pelo Programa Permanente de Proteção e Conservação do Patrimônio Imaterial, para fins de identificação, registro, incentivo e estudo.

“Na cidade de São Paulo, o serviço de táxi é utilizado desde a década de 1950. Com aproximadamente 40 mil veículos circulando pela cidade, hoje o transporte se tornou vital na vida dos paulistanos”, anotou Amadeu, que destaca a relação afetiva dos paulistanos com os taxistas.

Projeto de Lei  prossegue em tramitação na CCJ (Comissão de Constituição, Justiça e Legislação Participativa).

Acompanhe  aqui  outros Projetos em tramitação de autoria do vereador Adilson Amadeu. No link, você também poderá obter os canais de comunicação do parlamentar e participar diretamente do mandato por meio de propostas, sugestões ou recebendo informativos através do formulário “Fale com o Vereador”.

 

 

Veja também