No Dia do Professor, vereadores cobram melhores condições para a educação

Sessão Plenária desta terça-feira (15/10)

MARCO ANTONIO CALEJO
DA REDAÇÃO

No Dia do Professor, a Sessão Plenária da Câmara Municipal debateu as condições de trabalho dos profissionais da educação, homenageados pelos vereadores que utilizaram a tribuna do Plenário nesta terça-feira (15/10). Os parlamentares aproveitaram a data para valorizar a categoria e cobrar soluções para as principais reivindicações dos educadores.

Já na abertura da sessão o presidente da Câmara, vereador Eduardo Tuma (PSDB), fez referência ao Dia do Professor, cumprimentando os profissionais pela data. “No Dia 15 de outubro, que é o Dia do Professor, quero cumprimentar os professores”, disse Tuma.

Segundo o vereador Prof. Claudio Fonseca (CIDADANIA), o Brasil tem aproximadamente 2,4 milhões de professores. Na cidade de São Paulo, contando apenas a Rede Municipal de Ensino, são mais de 180 mil, entre ativos e aposentados.

Fonseca aproveitou para cobrar um reajuste salarial para os professores municipais. “Essa é uma homenagem aos professores, que lutam e realizam seus trabalhos em situações adversas. É uma oportunidade também para cobrar o Poder Executivo municipal, para que encaminhe à Câmara um Projeto de Lei que dispõe sobre a valorização dos profissionais de educação”, disse Fonseca.

O Dia do Professor também tema do vereador Reis (PT), que cumprimentou os profissionais e cobrou mais estrutura e segurança. “Quero entender a necessidade que eles [professores] têm, da valorização dos professores, da estruturação, dos equipamentos de educação, porque os professores sofrem muito com a falta de estrutura e de segurança”, disse Reis.

Segundo o vereador Toninho Vespoli (PSOL), neste ano o parlamentar e sua equipe de gabinete visitaram cerca de 250 escolas da capital paulista. “A gente vê muita coisa, desde salas muito lotadas e estruturas não adequadas para lecionar. A gente sabe de toda adversidade, mas ao mesmo tempo a gente vê muita energia e gente se dedicando para que a educação pública de qualidade dê certo”, disse Vespoli.

Assistia a todos os discursos da Sessão Plenária:

 

 

 

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também