Combate a enchentes, transporte e cultura são principais demandas em São Miguel

sao-miguel-mesa

Vereadores e representantes do Executivo participaram do Câmara do Seu Bairro em São Miguel                          Fotos: André Bueno / CMSP


ESPECIAL DE SÃO MIGUEL

A subprefeitura de São Miguel Paulista, na zona leste de São Paulo, recebeu mais de 500 pessoas neste sábado (14/3) para participar da segunda sessão do projeto ‘Câmara no Seu Bairro’ – ação promovida pelo legislativo paulistano com o objetivo de aproximar os vereadores dos cidadãos. Entre as principais reivindicações apresentadas pela população local, destacaram-se a necessidade de ações para resolver as enchentes, melhoria no sistema de transporte público da região e ações para promover a cultura nos bairros.

Caliu_De_Melo

Morador do Jardim Helena, Calil Robson de Melo, levantou a questão das enchentes na região

O morador do Jardim Helena Calil Robson de Mello afirmou que a região está abandonada e as enchentes são recorrentes. “Nessa época do ano as pessoas precisam até mesmo deixar suas casas de tanta água que invade as residências”, contou. No Jardim Romano, a professora Lucivan Soarez Diniz relata que nem precisa chover muito para a rua ficar alagada. “Não pavimentaram algumas ruas e andamos na lama e na água”, declarou.

O conselheiro tutelar Silvio Fernando Lopes falou sobre a necessidade da conclusão da canalização do Córrego Una. “A obra começou e até hoje não terminaram. Tem muitas pessoas que moram na beira do córrego e sofrem com as enchentes”, pediu,

Ele também falou da necessidade de ações para melhorar a mobilidade urbana em São Miguel Paulista. “É preciso fazer uma ligação entre algumas avenidas para desafogar o centro da região”, sugeriu Lopes.

Popular-(1)

Professora Lucivan Soarez Diniz, do Jardim Romano, disse que ruas vivem alagadas e com barro

Para o presidente da Associação Nacional de Preservação da Via Férrea, Eber João de Moura, o investimento em transporte sobre trilhos seria uma opção. “As ferrovias foram abandonadas e elas seriam o progresso”, afirmou. O bibliotecário André Felipe Meira reclamou que os corredores de ônibus não foram feitos. “Tinha um projeto para ser feito na avenida Celso Garcia, mas parece que virou lenda. É preciso fazer políticas públicas para melhorar o tráfego na região”, falou o jornalista Gilberto Travesso.

A falta de opções culturais geraram uma série de reivindicações da população. Durante as declarações, as pessoas pediram que a Câmara apresente mais emendas ao orçamento pedindo investimento nessa área. “Já até existe um projeto e um terreno para a criação de um Centro Cultural em São Miguel e até agora ninguém fez nada. Precisamos de opções de lazer aqui”, sinalizou.

O subprefeito de São Miguel Paulista Adalberto Dias de Souza acredita que o projeto vai melhorar a relação da subprefeitura com os parlamentares. “Vai ajudar nosso diálogo com os vereadores”, afirmou.

O presidente da Câmara de São Paulo, vereador Donato (PT), aprovou a sessão realizada em São Miguel Paulista. “Gostaria de agradecer a todos que vieram aqui e aos vereadores. Até mesmo os que não têm base aqui compareceram”, declarou. “É essa a ideia do projeto Câmara do Seu Bairro, estar presente o tempo todo com a população”, disse.

LEIA TAMBÉM:

– Morador pede inclusão de evento em calendário de SP

– Violência contra jovens negros é denunciada

– Secretário Padilha adianta que prefeitura também fará sessões públicas

– Marta Suplicy elogia o Câmara no Seu Bairro

– Vereadores da região esperam grande público em São Miguel Paulista

4 Comments

Fui o primeiro a subir na plenária popular, desabafei sobre o Parque Primavera, que antes era um porto de areia, posteriormente, serviu durante 9 ano, como aterro sanitário recebendo todo o lixo da cidade de São Paulo. Todavia, não fui citado neste pu

Sem mais.

CASSIO PEREIRA PAIVA

Eu estive presente na seção da Câmara no seu bairro em São Miguel no último sábado. Em geral foi uma iniciativa louvável da Câmara dos Vereadores de São Paulo, mas eu havia sido o primeiro a me inscrever para apresentar um projeto. Até o início da seção haviam em torno de 30 inscritos, um número adequado ao tempo determinado para a duração da seção, mas depois do início da seção continuaram a ser aceitas novas inscrições. Assim o presidente da seção acabou sugerindo que fossem sorteadas 30 pessoas inscritas, Infelizmente muitos dos que foram sorteados para se apresentarem usaram da tribuna para expor pontos de vistaa pessoais, elogios a senadora Marta Suplicy e criticas à administração pública sem apresentarem propostas concretas enquanto outras pessoas como eu não pudermos ser ouvidos. Achei injusto o modo como foram escolhidas as pessoas e grupos para serem ouvidos na seção que não atenderam a ordem de inscrições

Eduardo

Estive presente e realmente foram várias as revindicações dos moradores. Esperamos realmente que sejam ouvidas pelos nossos vereadores.

Arlindo Rachid Miragaia

Bom dia. Participei da Plenária da Câmara na Subprefeitura de São Miguel Paulista e qual não foi a minha surpresa minha fala, embora anunciada no vídeo que foi levado ao ar pelo Canal 7 – Net no dia 15 p.p. foi suprimida. Assim, com suporte na LEI Nº 12.527, DE 18 DE NOVEMBRO DE 2011, solicito amigavelmente uma cópia ( via virtual ou física ) da íntegra do vídeo da plenária epigrafada em especial da minha fala e da vereadora Sandra Tadeu. ARLINDO RACHID MIRAGAIA, brasileiro, casado, advogado, oabsp 41557 – Av. Nordestina, 87 – S.M.Paulista – SP . Certo de vossa atenção, antecipadamente agradeço.

Comentários estão fechados

Veja também