Donato é eleito presidente da Câmara de São Paulo

Donato fala no plenário

Candidato do PT recebeu o voto de 46 vereadores. Foto: Luiz França / CMSP


DA REDAÇÃO

O vereador Donato (PT) foi eleito presidente da Câmara Municipal de São Paulo nesta segunda-feira (15/12). O parlamentar, candidato único para suceder o também petista José Américo, teve o apoio de quase todas as bancadas da casa, recebendo 46 votos favoráveis e nenhum contrário. Toninho Vespoli (PSOL) foi o único a registrar abstenção.

Em seu terceiro mandato como vereador, Donato iniciou sua militância pela legenda na década de 80, sendo assessor especial do gabinete da ex-prefeita Marta Suplicy e um dos responsáveis pela descentralização administrativa da cidade em 2003, por meio da criação da Secretaria das Subprefeituras. Ele também ocupou o cargo de secretário de governo no início da gestão Haddad.

Em seu discurso de agradecimento, o presidente eleito disse que pretende fazer sessões fora da Câmara Municipal para ouvir a população das diversas regiões da cidade. “Realizaremos ao longo de 2015 sessões da Câmara em cada uma das subprefeituras. É uma oportunidade para um diálogo mais objetivo com as lideranças de cada comunidade, com os conselheiros participativos, com os cidadãos, buscando debater a realidade de cada bairro, suas aspirações e suas demandas”, afirmou.

O petista também elogiou seus colegas da atual gestão. “Minhas primeiras palavras não poderiam deixar de ser de agradecimento. Estou há dez anos [na Câmara], e ao longo desses anos pude aprender com cada um de meus colegas. Nesse período tivemos vários presidentes e de diferentes partidos, mas cada um deles deixou sua contribuição para essas Casa de Leis e para a cidade”, declarou.

O novo presidente da Câmara assumirá o cargo no dia 1º de janeiro de 2015.

Mesa Diretora

Na sessão plenária desta segunda-feira também foram eleitos os demais cargos da Mesa Diretora. A primeira vice-presidência, atualmente ocupada pela vereadora Marta Costa (PSD), ficou com a vereadora Edir Sales (PSD) – com 44 votos favoráveis e uma abstenção, também de Toninho Vespoli.

A vaga de George Hato (PMDB), atual segundo vice-presidente, ficou com Toninho Paiva (PR), que recebeu 46 votos favoráveis e nenhum contrário. Para primeiro secretário, o eleito foi Aurélio Nomura (PSDB). Ele entra no lugar do também tucano Claudinho de Souza.

Como determina o regimento interno, também foi escolhido o novo corregedor da Câmara, responsável por apurar denúncias relacionadas aos vereadores. O cargo ficou com Dalton Silvano (PV), que sucede Sandra Tadeu (DEM).

Veja a composição completa da Mesa Diretora

Presidente: Donato (PT)
1º vice-presidente: Edir Sales (PSD)
2º vice-presidente: Toninho Paiva (PR)
1º secretário: Aurélio Nomura (PSDB)
2º secretário: Paulo Frange (PTB)
1º suplente: Eduardo Tuma (PSDB)
2º suplente: Noemi Nonato (PROS)​

Veja também