Concursos para educação e parque no Minhocão são discutidos em plenário

André Moura / CMSP

Sessão Plenária (12/12)

MARCO ANTONIO CALEJO
DA REDAÇÃO

Durante a Sessão Ordinária desta quinta-feira (12/12), vereadores usaram a tribuna do Plenário 1° de Maio para discutir questões do dia a dia dos paulistanos.

A educação e o desmonte do Elevado Presidente João Goulart, o Minhocão, foram os principais temas abordados pelos parlamentares.

Os contratos com as empresas de limpeza das escolas públicas da cidade de São Paulo foram tratados pelo vereador Celso Giannazi (PSOL).

O parlamentar defende a abertura de concursos públicos para contratar profissionais, em vez da terceirização do serviço a empresas particulares:

“Somos contra a terceirização do serviço público. Queremos concursos públicos para que as pessoas façam a limpeza. Do jeito que está, as escolas estão sendo abandonadas”, afirmou Giannazi.

O tema educação também foi discutido pelo vereador Prof. Claudio Fonseca (CIDADANIA), que reforçou a necessidade de realização de concursos públicos para a área da educação:

“Desde 1992, não há prefeitura que realize mais concursos do que a prefeitura de São Paulo. Isso é uma conquista, conquista dos trabalhadores da educação. Os outros setores do serviço público municipal nem têm uma lei com a mesma natureza, com a mesma extensão, que assegura a realização de concurso”, disse Fonseca.

André Moura / CMSP

 

Elevado Presidente João Goulart

Já o vereador Caio Miranda Carneiro (PSB) subiu à tribuna para se manifestar contrariamente à proposta da prefeitura de transformar o Minhocão em um parque. Segundo o vereador, a sugestão do governo municipal não apresenta soluções a questões relacionadas à mobilidade, segurança e saúde.

“A gente tem que avançar e pensar em uma cidade mais moderna, que respire. Retirar o Minhocão permite uma requalificação, ciclovia, corredor de ônibus, priorizando o transporte coletivo”, afirmou Carneiro.

O vereador Camilo Cristófaro (PSB) também falou sobre o projeto. Ele criticou a intenção de transformar o Minhocão em um parque, cobrando mais segurança no local:

“Todos os sábados e domingos têm arrastão no Minhocão. E querem colocar mais um parque naquele local, quando nós temos mais de uma centena de parques abandonados na cidade de São Paulo”, disse Cristófaro.

Clique aqui para assistir aos discursos dos vereadores na íntegra.

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também