Capital cria novas estruturas para atender casos de coronavírus

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

Para atender as pessoas que apresentam sintomas leves de Covid-19, a Prefeitura de São Paulo e o governo do Estado criaram centros de triagem na capital paulista. O intuito é realizar os atendimentos com mais agilidade e destinar os espaços hospitalares aos casos mais graves.

As estruturas estão sendo instaladas em cinco hospitais públicos da cidade de São Paulo – Hospital Emílio Ribas, na região da Avenida Paulista, Hospital Estadual do Mandaqui, Zona Norte, Hospital Geral Vila Penteado, também na Zona Norte, Hospital Ipiranga, Zona Sul e Hospital Central de Guaianases, Zona Leste.

De acordo com o governador João Doria (PSDB), os centros de triagem estão sendo alocados em pontos estratégicos e periféricos da cidade. Os espaços devem começar os atendimentos a partir desta semana.

Hospitais de campanha

Na próxima quarta-feira (1/4), a capital paulista terá mais 200 leitos à disposição para atender casos de baixa complexidade do novo coronavírus na estrutura que está sendo montada no Estádio do Pacaembu, região central da cidade.

E a partir da segunda-feira (6/4) da semana que vem, outros 1.800 leitos serão inaugurados no Centro de Convenções do Anhembi, Zona Norte, para atender casos de baixa e média complexidades. Em ambos os locais, os pacientes de Covid-19 serão encaminhados pelos prontos-socorros e unidades básicas de saúde.

UBS

Os pacientes que apresentarem os primeiros sintomas, como tosse, febre e coriza, também podem procurar as UBSs (Unidades Básicas de Saúde) da cidade de São Paulo. Para facilitar os cidadãos, a prefeitura de São Paulo disponibiliza um Sistema de Localização de Estabelecimentos de Saúde da Rede SUS do Município de São Paulo.

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também