Câmara no Seu Bairro: zona sul precisa de parques, dizem moradores

MORUMBI SUL-06-03-2015 FRANCA-04842-300ABRE

Adolescentes utilizam a área para jogar futebol                             Foto: Luiz França / CMSP

 

RAFAEL CARNEIRO DA CUNHA
DA REDAÇÃO

Vizinha de condomínios residenciais, uma área de 89 mil metros quadrados do bairro do Campo Limpo, Zona Sul da cidade, pode ser transformada futuramente em um parque. Hoje, o local já é utilizado para lazer e prática esportiva, mas apresenta uma série de problemas.

Raimundo Castro é vendedor nas redondezas da área e acredita ser necessário construir um parque no local. “Dizem que aqui vai ser um CEU (Centro Educacional Unificado), mas não acho correto desmatar um monte de árvores para isso. Tem coisa mais linda do que uma área verde como essa daqui? CEU já tem em vários lugares”, salientou Castro. Para o cearense, que reside há 20 anos no Campo Limpo, é imprescindível que, se caso seja construído um parque, haja bastante segurança, pois, segundo ele, a região é muito violenta.

Situado entre as ruas Nossa Senhora do Bom Conselho e Lira Cearense, a área verde está abandonada desde 1992. No lado de fora, moradores da região fazem caminhadas e corridas todos os dias. Em seu interior, há um lago com patos e gansos, duas quadras, sendo uma delas de terra, e muitas árvores. O mato alto propicia um ambiente para consumo de drogas e gera insegurança.

Um Projeto de Lei (PL) 140/2014, do vereador Reis (PT), visa oferecer diretrizes para a criação e instalação do parque, que ganharia o nome de Morumbi Sul. De acordo com a justificativa do projeto, o local é uma das últimas áreas verdes da região e está sendo mal aproveitada pelo poder público.

José Luís Assunção Neto joga futebol no local há bastante tempo e considera que nesses últimos anos já ocorreram melhorias significativas. “O pessoal fala da insegurança, mas melhorou muito com a chegada de guardas. Precisa somente melhorar o gramado, colocar brinquedos para as crianças e bebedouros”, ressalta. “Precisamos de mais áreas verdes no bairro”, defendeu.

MORUMBI SUL-06-03-2015-FRANCA-04806-300 DESTAQUE

Camila Santos e sua filha, Talita   Foto: Luiz França / CMSP

Quem também é uma assídua frequentadora da área é Camila Santos. A jovem gosta de levar a filha Talita, de dois anos, para passear e ‘respirar um ar puro’. A menina, que está há dois anos à espera de uma vaga na escola, sofre de bronquite. “Eu não acho que precisa de um CEU aqui porque vai ter que retirar várias árvores para montar a estrutura. O melhor seria mesmo aparar o mato e preservar esse verde, que cada vez é mais necessário em uma cidade poluída como São Paulo”, disse.

De acordo com um levantamento realizado em 2011 pela Rede Nossa São Paulo, o distrito do Campo Limpo é um dos que apresentam o pior índice de áreas verdes por pessoa, sendo 0,90 metros quadrados por habitante.

A subprefeitura do Campo Limpo recebe neste sábado (7/3) o programa Câmara no Seu Bairro, que visa levar as sessões da Câmara a todos os bairros da Capital para ouvir os moradores (clique e veja o cronograma de todas as sessões).

Assista ao vídeo que está sendo veiculado na TV aberta convidando a população a participar:

2 Comments

ROBERTO SALES

JÁ PEDI MILHARES DE VEZES NO BAIRRO DA VILA DAS MERCES -SP UM PARQUE PARA PESSOAS EM GERAL E OUTROS PARA IDOSOS, MAS A PREFEITURA NÃO FAZ NADA. NÃO SEI PARA QUE PAGAMOS TANTOS IMPOSTOS, SE O PREFEITO NÃO FAZ NADA PELA POPULAÇÃO.

MARCOS RAUL DE ALMEIDA SOZUA

Apoio criação de Parque na Região Morumbi Sul para incentivo e prática de esporte e lazer.

Comentários estão fechados

Veja também