Busca por desaparecidos é foco de Projeto de Lei

DA REDAÇÃO

O Projeto de Lei (PL 9/2017), do vereador Mario Covas Neto (PODEMOS), tem como principal finalidade auxiliar na busca por pessoas desaparecidas na cidade de São Paulo e sugere a criação de um banco de dados que armazene perfis genéticos de desaparecidos, bem como informações relativas às famílias.

O banco de dados, de acordo com o PL, será informatizado e de acesso restrito, armazenando dados relativos ao DNA (ácido desoxirribonucleico) de pessoas em situação de rua sem documento de identificação e falecidas em condição de indigente, a fim de auxiliar na busca por pessoas desaparecidas e na reconstrução de famílias desintegradas. A extração de amostra de material genético será realizada de forma segura e confidencial por meio de técnica adequada e indolor, como o raspado bucal ou coleta de sangue em papel filtro específico para análises genéticas.

“Por razões éticas e jurídicas o Poder Público deve obter o livre consentimento das partes. Daí que é essencial o trabalho da assistência social, e a ampla divulgação das informações”, explicou o vereador.

O PL foi aprovado em 1ª votação da Sessão Plenária. Caso o Projeto também receba parecer favorável pela maioria dos vereadores em 2ª votação, seguirá para a sanção do prefeito.

Acompanhe aqui outros Projetos em tramitação do vereador Mário Covas. No link você também pode obter os canais de comunicação do parlamentar e participar diretamente do mandato com propostas, sugestões ou receber informativos por meio do formulário ‘Fale com o vereador’.

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também