Vereadores se solidarizam com a morte do ex-vereador Carlos Neder

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

A trajetória de Carlos Alberto Pletz Neder (1953 – 2021), ou simplesmente Carlos Neder, está relacionada com a Câmara Municipal de São Paulo. Vereador na capital paulista por quatro mandatos, entre 1997 e 2012, Neder morreu no último sábado (25/9), aos 67 anos, em decorrência de complicações da Covid-19. Ele estava internado no Hospital São Camilo desde o dia 8 de agosto.

Carlos Neder também ocupou uma cadeira na Alesp (Assembleia Legislativa de São Paulo) como deputado estadual em quatro legislaturas, entre 2005 e 2019. Formado em Medicina pela USP (Universidade de São Paulo) e mestre em saúde pública pela Unicamp (Universidade Estadual de Campinas), Carlos foi secretário municipal da Saúde de São Paulo, de 1990 a 1992, na gestão da ex-prefeita Luiza Erundina.

Na vida política, Carlos Neder também foi um dos fundadores do PT (Partido dos Trabalhadores), em 1980. Entre as principais bandeiras do médico, a defesa do SUS (Sistema Único de Saúde), da educação e da reforma agrária popular.

Nascido em Campo Grande, Mato Grosso do Sul, em 1953, Carlos Neder mudou-se para a cidade de São Paulo em 1970, onde iniciou a carreira como médico e político.

Repercussão da morte de Carlos Neder

Os oito vereadores que compõem a bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara Municipal de São Paulo prestaram homenagens a Carlos Neder por meio das redes sociais.  O líder da bancada do PT na Casa, vereador Eduardo Suplicy (PT), lamentou a morte do ex-vereador. “Foi um exemplar representante do povo e extraordinário defensor do Sistema Único de Saúde, o SUS”.

O vereador Alessandro Guedes (PT) também se despediu de Carlos Neder em uma página da internet e se solidarizou com a perda. “Nossa solidariedade aos familiares, amigos e a toda a nossa militância”. Já o vereador Alfredinho (PT) postou uma foto de Neder com a seguinte legenda: “Sua força para lutar sempre será uma inspiração. Você está e sempre estará em nossos corações”.

Em respeito à memória de Neder, o vereador Antonio Donato (PT), outro parlamentar que prestou homenagem ao ex-vereador via mídia digital, afirmou que “perdemos um grande lutador”. No post do vereador Arselino Tatto (PT), o parlamentar escreveu que “perdemos mais um companheiro para o coronavírus. Carlos Neder, presente!”.

A postagem do vereador Jair Tatto (PT) diz que “Neder deixa um legado de luta pelos movimentos populares de saúde e do SUS, defendeu a educação, a ciência e a reforma agrária popular”. A vereadora Juliana Cardoso (PT) compartilhou uma foto ao lado de Carlos Neder. “É com profunda tristeza que me despeço de um dos meus maiores amigos e companheiro de luta”.

O vereador Senival Moura (PT) foi outro parlamentar do Partido dos Trabalhadores que se manifestou nas redes sociais. “Lamento esta imensurável perda e me solidarizo com a dor dos familiares e amigos”.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também