Orçamento é o dobro do de 2004, declara secretário Andrea Matarazzo em audiência

Juvenal Pereira
Audiência pública
Secretário anunciou construção de parques no Grajaú e em São Matheus

 

Nesta sexta-feira (07/11), o secretário municipal da Coordenação das Subprefeituras, Andrea Matarazzo, compareceu à audiência pública temática da Comissão de Finanças e Orçamento da Câmara Municipal de São Paulo. O tema era o Orçamento 2009 para a pasta de Matarazzo.
 
O secretário respondeu às questões dos vereadores e dos representantes da sociedade civil. “O Orçamento veio crescendo, hoje é praticamente o dobro do que era o de 2004, o que permitiu que a Prefeitura executasse projetos jamais feitos na cidade de São Paulo”, sublinhou Matarazzo, que citou, como exemplo de projeto, o recapeamento de ruas.
 
O secretário, que, segundo a proposta do Executivo, poderá aplicar R$ 322.397.534 em 2009, tratou também dos projetos em parceria com a SABESP (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), como a criação do Clube Aristocrata, na região do Grajaú, que consistirá num parque construído num terreno de 50 mil metros quadrados; e do Parque Linear, que irá de São Matheus até a Mooca.
 
“A boa definição de prioridades e o uso racional dos recursos permite que consigamos manter o nível de qualidade do que temos feito”, declarou. “Eu vejo muitas vezes críticas que as Subprefeituras estão investindo mais em Pinheiros do que em M’ Boi Mirim. Não é verdade. O Hospital e o CEU do M’ Boi Mirim, por exemplo, não são do Orçamento da Subprefeitura.”
 
O secretário municipal da Coordenação das Subprefeituras contestou que a chamada “Cracolândia” tivesse se deslocado para outro lugar. “O Projeto da Nova Luz não propõe a solução do problema do tráfico de drogas no Brasil. É apenas um projeto urbanístico”, ressalva.
 
Prestigiaram a audiência pública, no Plenário Primeiro de Maio, os vereadores Milton Leite (DEM), relator do Orçamento; José Police Neto (PSDB), Paulo Frange (PTB), Ricardo Teixeira (PSDB), José Rolim (PSDB) e Aurélio Miguel (PR).
 
Segundo o artigo 140 da Lei Orgânica do Município, o Orçamento deve ser votado até o dia 31 de dezembro. Caso contrário, fica valendo o Orçamento do ano anterior.

Imagens para download:
Juvenal Pereira
Audiência pública
Audiência pública foi realizada no Plenário Primeiro de Maio
Juvenal Pereira
Audiência pública
Secretário da Coordenação das Subprefeituras explicou programas das Subprefeituras em parceria com a SABESP
Juvenal Pereira
Audiência pública
Secretário admitiu que o Projeto Nova Luz não vai solucionar problema do tráfico

Veja também