População pode sugerir mudanças na Lei de Zoneamento

DA REDAÇÃO

A partir desta segunda-feira (15/6), quem vive em São Paulo poderá sugerir alterações na Lei de Zoneamento por meio de um hotsite. A ferramenta também é a oportunidade para que a população compreenda de maneira mais clara as mudanças propostas no projeto enviado à Câmara Municipal pelo Executivo.

O hotsite conta com espaço para comentários, sugestões e propostas para o aperfeiçoamento da lei. Além disso, o internauta poderá ler o texto do Projeto de Lei de Zoneamento na íntegra, acessar mapas fragmentados em subprefeituras e analisar de forma nítida o que o projeto propõe para cada quadra da região.

Segundo o diretor de Comunicação Externa da Câmara Municipal de São Paulo, Antônio Assiz, o hotsite integra uma série de outras ações que estão sendo desenvolvidas ao longo dessa semana. “Especificamente em relação à publicidade, estamos anunciando a chegada e o início do debate da revisão da  Lei de Zoneamento na Câmara Municipal. As emissoras de TV, rádio, jornais de grande circulação e sites na internet vão divulgar os debates e o hotsite entra nesse contexto. É uma ferramenta extraordinária para poder sistematizar a participação do cidadão.”

As sugestões enviadas pela população por meio do hotsite serão analisadas pela Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente.

Audiência Pública

A primeira audiência pública da comissão de Politica Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente, para debater o projeto de revisão da Lei de Zoneamento será realizada dia 22/6 no Salão Nobre da Câmara Municipal (Viaduto Jacareí, 100 – 8º andar), às 18h.

A segunda, será na região do Campo Limpo. Ela acontecerá no dia 25/6, às 19h, na sede da Subprefeitura do Campo Limpo (Rua Nossa Senhora do Bom Conselho, 59 – Telefone: 3397-0500).

Consulte a agenda de audiências públicas e outras informações sobre a revisão da Lei de Zoneamento na Câmara Municipal através do hotsite no link: www.saopaulo.sp.leg.br/zoneamento

Confira abaixo a peça publicitária que está sendo veiculada na TV:

7 Contribuições

Benedito Airton dos Santos

A data da Audiência Pública no bairro do Ipiranga não existe.

Christian Bojlesen

Benedito,

Tive a mesma dúvida pois num post apareciam duas datas mas o gabinete do relator confirmou que está marcada para dia 31/09.

Sds

Maria Luiza da Silva

Temos que pensar em uma solução de tirar os moradores da rua.

Leonardo

No site da revisão da lei ainda não há nenhum espaço habilitado pra inserirmos nossos comentários.
Quando irão disponibilizar isso?

paulo jorge

minha duvida é onde se tem “cultos” terá uma zona especifica? e aonde se tem musica na rua terá uma zona especifica?

paulo jorge

quem tem terreno, sem edificação, em zona residencial poderá sofrer multas por querer especula-la?

Contribuições encerradas.

Veja também