Especial Zoneamento – Entenda a ZEM

DA REDAÇÃO

O projeto de revisão de Parcelamento, Uso e Ocupação do Solo – zoneamento – prevê territórios classificados como ZEM (Zona Eixo de Estruturação da Transformação Metropolitana). Inseridos no eixo de transformação, que correspondem a 18% da área total de São Paulo, o objetivo desses espaços é promover usos residenciais e não residenciais com densidades demográficas e construtivas e qualificação paisagística próximos ao sistema de transporte público.

Entre os principais exemplos de ZEM temos o Arco Tietê. O perímetro urbano onde será feito esse projeto é uma das áreas mais estratégicas do município, porque conta com um sistema ferroviário e um parque industrial responsável por movimentar a economia de São Paulo no século XX. Essas características tornam território adequado para receber transformações urbanísticas e econômicas e promover o adensamento populacional para propiciar um equilíbrio entre a oferta de habitação e oportunidade de emprego.

O Arco Tietê faz parte do programa Arco do Futuro – projeto que vai orientar o desenvolvimento urbano equilibrado da capital, no social, econômico e ambiental.

O projeto ainda deverá ser encaminhado pela prefeitura à Câmara.  “Ao longo do rio está previsto um adensamento populacional e construtivo”, disse o relator do zoneamento, vereador Paulo Frange (PTB).

Para saber mais, acesse o mapa da Lei de Zoneamento:

https://www.saopaulo.sp.leg.br/mapa-lei-de-zoneamento/

Veja também