Diretor do DTP presta esclarecimentos à Câmara

Juvenal Pereira
Vereadores ouvem explicações do diretor do DTP a respeito do Programa Vai e Volta
Vereadores ouvem explicações do diretor do DTP a respeito do Programa Vai e Volta

 

Em atendimento a solicitação dos vereadores Antonio Donato (PT) e Agnaldo Timóteo (PR), o diretor do Departamento de Transporte Público (DTP), coronel Roberto Allegretti, compareceu hoje (11/9) à Comissão de Trânsito e Transporte da Câmara Municipal de São Paulo. Ele veio prestar esclarecimentos a respeito da contratação em esquema de emergência de 515 novos veículos para o Programa de Transporte Escolar Municipal Gratuito, mantido pela Prefeitura de São Paulo, e da situação dos taxistas que trabalham na cidade.O programa, chamado de Vai e Volta, tem o objetivo de garantir aos alunos matriculados o acesso às escolas municipais de Educação Infantil e de Ensino Fundamental. Esse serviço é prestado por operadores particulares, contratados pela Prefeitura. Com o fim dos contratos, a Prefeitura abriu contratação por emergência de novos operadores. Essa licitação encontra-se interrompida pelo Poder Judiciário, informa o vereador Abou Anni, presidente da comissão. Para que esse serviço relevante à cidade não sofra solução de continuidade, foi necessário fazer contratação emergencial, o que está provocando divergências entre os que estão no sistema e os que estão sendo contratados pela primeira vez.O vereador entende que foram satisfatórias as colocações do diretor do DTP, embora exista ainda muita coisa há ser reavaliada. Acredito que teremos de fazer um novo convite a ele para continuarmos debatendo o assunto, finalizou Abou Anni.Já o coronel Allegretti é de opinião que não teve condições de esclarecer todas as dúvidas. Procurei esclarecer de uma forma genérica as dúvidas principais, buscando os pontos centrais que norteiam a execução do programa de transporte escolar gratuito, disse o diretor do DTP.Allegretti, no entanto, se colocou a disposição de todos os transportadores e dos vereadores, integrantes da comissão, para prestar outros esclarecimentos, inclusive por escrito. Qualquer dúvida surgida, além das que foram levantadas aqui, poderão ser encaminhadas pela comissão que nós responderemos, procurando esclarecer ao máximo.Na opinião do vereador Antonio Donato algumas respostas foram respondidas, outras não. Existem muitas dúvidas na categoria, mas continuaremos dialogando com o Departamento de Transporte Público, no sentido de encaminhar bem essa questão, porque não se pode interromper o atendimento às crianças transportadas no Vai e Volta.TaxistasO vereador Agnaldo Timóteo lamentou que o tempo de uma hora não foi suficiente para debater de forma mais ampla o problemas dos taxistas. Mas o que vi a respeito do transporte das crianças é uma brincadeira. A Prefeitura, milionária, não pode criar um setor específico para transportar os alunos que estudam nas escolas municipais?, indagou. Tem de alugar o transporte de fulano, do beltrano.

Imagens para download:
Juvenal Pereira
Comissão de Trânsito e Transporte acharam que explicações foram insuficientes
Integrantes da Comissão de Trânsito e Transporte acharam que explicações foram insuficientes
Juvenal Pereira
O público presente a reunião prestaram atenção ao depoimento
O público presente a reunião prestaram atenção ao depoimento

Veja também