Vereadores aprovam subsídio abaixo da inflação

Na tarde de ontem (20/12) foi aprovado no plenário da Câmara Municipal o Projeto de Resolução (PR) 12/2016 que reajusta em 26% o subsídio mensal dos vereadores paulistanos para a próxima legislatura. O aumento é inferior à inflação acumulada no período desde o último reajuste, em 2011 — os parlamentares só podem ter  reajustados os subsídios a cada quatro anos, antes da nova legislatura.

Os índices do IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) e do IGPM (Índice Geral de Preços do Mercado), registrados entre janeiro de 2013 e setembro de 2016, estão acima da reposição aprovada. O IPCA fechou o período com 28,49% e o IGPM, com 28,77%. Na prática, o aumento apenas recompõe o que foi perdido com a inflação corrente.

As despesas com os subsídios dos parlamentares não podem ultrapassar 5% da receita do município. Além disso, a remuneração máxima dos vereadores — em cidades com população superior a 500 mil habitantes — deve obedecer ao teto de 75% dos vencimentos dos deputados estaduais, preceitos que foram obedecidos.

Além de corrigir a inflação, o subsídio aprovado também minimiza a ausência de benefícios. Vereadores não recebem férias ou décimo terceiro salário, como a maioria dos trabalhadores assalariados. Também não há nenhum outro tipo de adicional ou auxílio atrelado a remuneração dos parlamentares da câmara paulistana. Vale ressaltar que São Paulo é uma metrópole com mais de onze milhões de habitantes e, só na sede do legislativo, circulam cerca de seis mil pessoas por dia, em sua maioria, tratando de inúmeras demandas junto aos vereadores.

12 Comments

Povo Brasileiro

Para quem lê essa informação aqui pelo site, principalmente pelo primeiro e último parágrafo, parece que os vereadores de São Paulo são quase missionários, fazendo um trabalho exaustivo, árduo, atendendo a todos que vão à Câmara.
E quando a notícia não informa por completo, cabe a nós povo (também conhecidos como tolos) falar: o salário atual é aproximadamente R$15 MIL reais!! Com o aumento, o salário mensal vai para quase R$19 MIL mensais. A bagatela de 19 mil reais. Praticamente SETE vezes mais que o trabalhador paulistano. Sendo que cargos no legislativo não obriga o vereador a de desvincular de outras atividades – ou seja, além dos 19 MIL MENSAIS ainda manterão as receitas de suas atividades, empregos em empresas, de suas empresas, dos seus sindicatos etc etc.
O “aumento abaixo da inflação” é realmente bem coerente com a extrema situação de desemprego no Brasil e em especial na capital paulista.
E mais uma informação que não consta nesse “Informativo”: 33 dos atuais vereadores foram reeleitos. O aumento salarial foi aprovado por 30 a 0.

Kleber Alcantara Lisboa

Tadinho dos vereadores… A maioria da população vive com muitíssimo menos,. Não se comparem com os trabalhadores. O dia que a classe política desse pais decidir servir e tirar da cabeça que devem ser servidos ai sim.

Reginaldo

Enquanto isso o Servidor público recebe 0,01% de aumento ao ano. Será que é justo? Somente os vereadores são impactados pela inflação?

Anselmo da Rosa

Cambada de irresponsáveis! Essa é a paga por termos confiado nosso voto em vocês, políticos como vocês deveriam ser presos. Essa é a paga por termos confiado nessas ratazanas. Vereador não serve para nada, com o advento da internet, eleger pessoas que servem apenas para dar nome dos parentes e amigos nas ruas e praças e nenhuma outra contrapartida é o fim!

Aparecido Lino Pereira

Lamentável este aumento salarial, não é para isso que elegemos vocês, se acham que políticos ganham pouco não deveriam se candidatarem, falta em toda a classe política e em qualquer esfera, espirito publico, só querem ganhar dinheiro. Falta patriotismo, falta principalmente vergonha na cara, este reajuste também será pago pelos milhões de desempregados, que graças a roubalheira generalizada em todo o país os colocaram nesta condição. em consequência. desta ambição os estados brasileiros estão falidos e vocês alheio a isso, as ruas da cidade de são paulo. talvez não conheçam, tem muito buracos, lixos espalhados para todo lado, calçadas sem condições de transitar, casas ainda sem esgoto ou esgoto a céu aberto, escolas horrorosas, estas são situações que deveriam estarem fiscalizando. mas como vocês ganham pouco, talvez não tenham tido o interesse. quem sabe depois de 26% de aumento!. OBS: Não houvi durante a campanha dizerem que estavam insatisfeito com o salário de vereador e que iriam reajusta-lo. COVARDES.

Beatriz

Vergonha. O país mergulhado numa crise politica, econômica e atolado na corrupção dos politicos. Os servidores da Cidade de São Paulo há anos e anos, sofrem com reposições anuais de 0,01%. Os servidores estão endividados, trabalhando doentes, muitas vezes sem condições e material de trabalho. O HSPM é um lixo, servidores estão morrendo às mínguas por falta de local para cuidar de sua saúde. Os servidores CONCURSADOS trabalham para que essa cidade arrecade e cresça e quem gasta em mordomias e regalias é o legislativo. ABSURDO, VERGONHA, REVOLTA, DECEPÇÃO, TRISTEZA, DESESPERANÇA !!!!

Thais Ribeiro

Comparando os trabalhadores assalariados com os vereadores? Tirem as férias e o décimo terceiro dos trabalhadores assalariados e paguem a eles os salários e benefícios dos vereadores. Tenho certeza que nenhum trabalhar reclamará. Péssimo texto para tentar convencer os eleitores de que um aumento de 26%, em tempos de recessão e desemprego, é razoável.

Helena de Fatima Vasconcelos Jorge

O reajuste do meu salario foi de 0,001%abaixo d a inflação e quanto mesmo??

Renê Antonio Viana

Em um momento como esse que vivemos, pedir reajuste, alguém que está pra ajudar a manter a saúde da cidade em todos os aspectos é no mínimo sem consciência, os vereadores eleito pelo povo, deveria na realidade se adequar a atual situação, inclusive abaixando o salário coisa que o povo pode exigir através de manifestação popular, já houve em cidades menores e pode haver aqui também, onde quem elegeu pode tirar também, ser político é ter consciência de servir não deveria ser considerado trabalho remunerado, e sim pensar na comunidade, é ver sua comunidade crescer, evoluir, e não o eleito aumentar a contribuição que o povo recolhe em benefício próprio, basta olhar pra cidade e ver o sofrimento do povo, e uma maioria ganhando nem 2 salários mínimos pra trabalhar 30 dias, enquanto os vereadores querendo aumentar a receita própria pra nada a menos que 20 vezes o salário mínimo, é vergonhoso.
Abraham Lincoln – Cumpre-nos fazer que esses homens não tenham tombado em vão, que, com o auxílio de Deus, a nação assista à renascença da liberdade e que o governo do povo pelo povo não desapareça da face da terra.”.
Fica a dica.

Comentários estão fechados

Veja também