Projeto sugere realizar teste rápido de DSTs em unidades de saúde

DANIEL MONTEIRO
DA REDAÇÃO

Estímulo à realização de teste rápido de HIV/AIDS, sífilis e hepatites em todos os usuários de hospitais, maternidades e unidades de saúde públicas e privadas de São Paulo.

Essa é a proposta do PL (Projeto de Lei) 259/2019, de autoria do vereador Toninho Paiva (PL).

A proposta está em tramitação na Câmara Municipal de São Paulo

Segundo o projeto, pacientes e usuários do sistema de saúde público e privado, na primeira consulta com o profissional de saúde – enfermeiro ou médico – serão orientados a realizar o teste rápido.

Justificativa

Fabricado no Brasil e disponibilizado pelo SUS (Sistema Único de Saúde), o exame fica pronto em cerca de 20min. De acordo com o resultado, a unidade de saúde fará o encaminhamento da pessoa.

Na justificativa, o projeto apresenta dados do Boletim Epidemiológico HIV-Aids 2014, divulgado pelo Ministério da Saúde no final de 2014.

De acordo com o estudo, o Brasil tem cerca de 734 mil pessoas com o vírus HIV, sendo que cerca de 180 mil não sabem que estão infectadas.

Acompanhe aqui outros projetos em tramitação do vereador Toninho Paiva.

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também