Parque do Bixiga, ao lado do Teatro Oficina, é sugerido em projeto que tramita na Câmara

DANIEL MONTEIRO
DA REDAÇÃO

Com o objetivo de promover a ocupação do solo da capital, de modo ambiental e socialmente consciente, o PL (Projeto de Lei) 805/2017 propõe a criação do Parque do Bixiga, a ser criado em um terreno de 11 mil metros quadrados, entre as ruas Jaceguai, Abolição, Japurá e Santo Amaro, na região central de São Paulo. O espaço fica ao lado do Teatro Oficina.

De autoria do vereador Gilberto Natalini (PV), em coautoria com outros 11 parlamentares, a justificativa do projeto afirma que o Bixiga guarda características de um bairro histórico de São Paulo, com aspectos culturais, artísticos, gastronômicos e sociais próprios. Dessa forma, segundo o texto do PL, seria necessário repensar o processo de urbanização na região, preservando a história e características locais.

A criação do Parque do Bixiga pode ser um marco na relação entre cidade e natureza, de acordo com o autor do projeto, revendo criticamente o processo de urbanização da capital, auxiliando na preservação do patrimônio histórico-cultural. Também traria benefícios à saúde pública, com o aumento de áreas verdes de reflorestamento, com impacto direto na qualidade do ar, a diminuição da temperatura e dos níveis de ruídos na região.

Em tramitação na Câmara, o substitutivo do PL recebeu parecer favorável das comissões de Constituição, Justiça e Legislação Participativa; de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente; de Administração Pública; e de Finanças e Orçamento.

Acompanhe aqui outros projetos em tramitação do vereador Gilberto Natalini.

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também