Orçamento 2021 tem R$ 117,8 milhões para Secretaria de Direitos Humanos e Cidadania

MARCELO FIGUEIREDO
HOME OFFICE

A Lei Orçamentária Anual (LOA) 2021, aprovada pela Câmara Municipal de São Paulo em dezembro do ano passado, reservou R$ 117,8 milhões para a Secretaria Municipal de Direitos Humanos e Cidadania investir durante o ano.

PL (Projeto de Lei) 643/2020 estimava R$ 116 milhões para a pasta, mas após a tramitação na Casa, o valor recebeu um acréscimo de 1,5%.

A pasta tem a missão de formular, articular e coordenar a Política Municipal de Direitos Humanos e Cidadania, de forma transversal, interseccional, participativa e com respeito à diversidade, por meio da promoção e defesa de direitos, em benefício da população, com atenção especial às pessoas em situação de vulnerabilidade, visando a uma sociedade justa, igualitária, inclusiva, solidária e intercultural.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também