Executivo retira projeto que reestrutura carreira de engenheiros

DA REDAÇÃO

O prefeito Fernando Haddad retirou da Câmara o Projeto de Lei (PL) 305/2015 que cria o quadro de analistas de desenvolvimento urbano para engenheiros, agrônomos e arquitetos da Prefeitura de São Paulo.

A proposta estabelece planos de carreira e reenquadramentos de cargos, bem como o regime de remuneração por subsídios destes servidores.

Ao retirar o texto, o Executivo alegou necessidade de reavaliar a proposta antes da votação final da matéria. Com isto, o projeto não será submetido à última deliberação dos vereadores em sessão na semana que vem, conforme estava previsto.

O projeto já havia sido aprovado em votação simbólica em primeira deliberação, no dia 12 de agosto.

4 Contribuições

Marcelo Ribeiro

Nobres vereadores,
as carreiras de engenheiro e arquitetos municipais são tão ou mais relevantes que as demais. Sem esses técnicos não existem ou não funcionam a saúde, a educação, os transportes, a segurança e, inclusive, a própria administração. Estamos há mais de dez anos sem qualquer reajuste e ficamos impressionados com esse fato, visto que professores, judiciário, fazenda e tantos mais conseguem até muito mais que isto. É preciso valorizar essas carreiras, pois sem elas não há estado!!!

Cristiane

Ué não ia ser votado dia 08/09? E agora como ficam os engenheiros e arquitetos da administração publica?

Francisco Juvêncio da Silva

Pergunto: Em relação à retirada do PL 305/2015, o mesmo poderá retornar com o mesmo número ou será irremediavelmente arquivado?

Cristiano_Sa

Boa tarde!

Muito bem, retirou o projeto e não deu nenhuma devolutiva para os Engenheiros e Arquitetos. Isto é para acabar com estas carreiras? Ou para não dar o aumento previsto em lei?Ficamos ” a ver navios” e sem entender esta postura tão indiferente do governo.

Att

Contribuições encerradas.

Veja também