Decisão do TJ permite que camelôs voltem a trabalhar

RenattodSousa

Terminou na frente da Câmara Municipal uma manifestação de camelôs iniciada na Praça da Sé para protestar contra a decisão da Prefeitura de suspender as licenças da categoria. Pouco depois do início do ato, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) decidiu que os ambulantes poderão voltar a trabalhar nas ruas da capital.

Por maioria de votos, o Órgão Especial do TJ-SP suspendeu uma liminar que mantinha a cassação das licenças de trabalho vigentes em São Paulo — chamadas de Termos de Permissão de Uso (TPUs) — e, com isso, os camelôs estabelecidos em pontos fixos e móveis regularizados poderão voltar a atuar.

No início do mês, a Prefeitura havia adotado atos administrativos determinando a revogação e cassação dos TPUs concedidos a mais de 4 mil vendedores ambulantes.

A manifestação da categoria reuniu mais de 500 pessoas pelas ruas do Centro da capital.

(27/6/2012 – 17h40)

Veja também