Agora é lei: sancionado o Sistema Cicloviário do Município de São Paulo (SICLO)

DA REDAÇÃO
THIAGO GOULART

O prefeito Bruno Covas sancionou a Lei 16.885, de 16 de abril de 2018, que cria o Sistema Cicloviário de Município de São Paulo (SICLO) para fomento ao uso de bicicletas como meio de transporte.

A Lei 16.885, publicada nesta terça-feira (17/4) no Diário Oficial, teve origem no Projeto de Lei (PL) 655/09 , dos vereadores Jair Tatto (PT) e Soninha Francine (PPS) e dos ex-vereadores Chico Mecena (PT) e Nabil Bonduki (PT).

O objetivo da nova legislação é contribuir para a acessibilidade da população e o desenvolvimento da mobilidade sustentável.

Além disso, a nova lei visa também ampliar e aperfeiçoar continuamente a infraestrutura cicloviária, implantando as medidas necessárias à inserção da bicicleta na malha urbana da cidade, incluindo: tratamentos cicloviários em vias existentes, criação de infraestrutura específica para a circulação de bicicletas, previsão de tratamento cicloviário na infraestrutura viária planejada para o município.

Esta lei tem, assim, o propósito de promover a cidadania construindo uma cidade melhor e com mais mobilidade para todos.

Veja também