A partir da próxima segunda capital vacinará pessoas com 34, 33 e 32 anos

DANIEL MONTEIRO
HOME OFFICE

Com o objetivo de avançar na campanha de vacinação contra o novo coronavírus, a partir da próxima semana a cidade de São Paulo começa a imunizar moradores da capital com 34, 33 e 32 anos

Na segunda-feira (19/7) serão vacinadas pessoas com 34 anos, na terça-feira (20/7) pessoas com 33 anos e na quarta-feira (21/7) as com 32 anos. Quinta, sexta e sábado (22, 23 e 24/7) estão reservados para a repescagem das pessoas de 32 a 34 anos e para a aplicação da segunda dose em todos os grupos elegíveis. 

O público estimado, entre os três grupos, é de 435.557 pessoas. São 143.297 de 34 anos, 145.037 de 33 anos, e 147.223 de 32 anos. A expectativa do município é de que, até agosto, seja concluída a imunização de pessoas com mais de 18 anos.

Paralelo ao anúncio das novas faixas etárias, a vacinação na capital continuou nesta quinta-feira (15/7), com a imunização de pessoas com 36 anos. Já na sexta-feira (16/7), será a vez das pessoas com 35 anos se vacinarem. 

Além disso, aqueles que fazem parte dos públicos abertos nas etapas anteriores da campanha, e que ainda não se vacinaram, também podem ir aos postos de vacinação da capital para receber a dose do imunizante.

A partir da próxima segunda-feira (19/7), a imunização será realizada nos drive-thrus, mega postos e farmácias, das 8h às 17h. Nas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), das 7h às 19h, e nas AMAs/UBSs Integradas, também das 7h às 19h.

Mais informações podem ser obtidas na página Vacina Sampa, onde há a relação do público elegível e de todos os postos de vacinação da cidade de São Paulo. Já através do site De Olho na Fila o munícipe poderá conferir a movimentação dos postos de vacinação em tempo real e definir o melhor horário para ir até o local. Basta acessar a ferramenta e escolher a unidade de referência.

Para agilizar o tempo de atendimento, os munícipes também devem fazer o pré-cadastro no site Vacina Já com nome completo, CPF (Cadastro de Pessoa Física), endereço, telefone e data de nascimento. Ao chegar ao posto de vacinação, é obrigatório apresentar um documento de identificação, de preferência o CPF e cartão SUS (Sistema Único de Saúde), além de um comprovante de residência no município de São Paulo, que pode ser em formato digital ou impresso. Se o comprovante estiver em nome de outra pessoa, será necessário comprovar o parentesco.

Ainda sobre vacinação, todas as gestantes, puérperas residentes no município de São Paulo poderão dirigir-se às UBSs para imunização contra a Covid-19 com as vacinas Coronavac ou Pfizer. Na ausência dos imunizantes, a UBS deve manter uma lista de espera para convocação.

Atuação do município

No final da tarde da última quarta-feira (14/7), a Secretaria Municipal da Saúde, por meio do Programa Municipal de Imunizações, informou que, após identificar e investigar o caso das 968 pessoas que teriam sido imunizadas com vacinas supostamente vencidas no município de São Paulo, ficou constatado que todas tomaram o imunizante dentro da validade. Segundo a pasta, o resultado do rastreamento evidenciou apenas que ocorreu um atraso no cadastramento, não resultando na aplicação de vacinas vencidas.

Após identificar as 968 pessoas, a relação foi enviada às respectivas UBSs (Unidades Básicas de Saúde), quando foi iniciado o contato com cada munícipe para realizar a checagem final entre a informação cadastrada no sistema e o momento de aplicação. O resultado comprovou apenas o atraso no cadastro.

A Secretaria Municipal da Saúde salienta que na capital a data de validade de todos os imunizantes passa por uma tripla checagem: no recebimento, na distribuição e na aplicação da vacina, inclusive, com a apresentação do frasco ao cidadão.

Mais sobre o novo coronavírus 1

Segundo dados mais recentes sobre a pandemia do novo coronavírus publicados pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, na última quarta-feira (14/7) a capital paulista contabilizava 34.351 vítimas da Covid-19. Havia, ainda, 1.314.073 casos confirmados de infecções pelo novo coronavírus.

Abaixo, gráfico detalhado sobre os índices da Covid-19 na cidade de São Paulo.

Fonte: Prefeitura de São Paulo

Em relação ao sistema público de saúde da região metropolitana de São Paulo, a atualização mais recente destaca que, nesta quinta (15/7), a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados a pacientes com Covid-19 é de 59,6%. 

Considerado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e autoridades sanitárias a principal forma de contenção da pandemia do novo coronavírus, o isolamento social na cidade de São Paulo, na última quarta-feira (14/7), foi de 38%.

Os dados são do Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, que utiliza dados fornecidos por empresas de telefonia para medir o deslocamento da população e a adesão às medidas estabelecidas pela quarentena no Estado.

Mais sobre o novo coronavírus 2

Nesta quinta-feira, o Estado de São Paulo superou a marca de mais de 30 milhões de doses aplicadas de vacina contra a Covid-19 na população nos 645 municípios paulistas. Do total, 22,2 milhões foram referentes à primeira dose; 6,28 milhões de segunda dose; e 913,1 mil de dose única. Com estes números, 16,81% da população total do estado já possui esquema vacinal completo.

O Governo de São Paulo divulga as estatísticas da campanha de imunização na plataforma Vacinômetro, que aponta, em tempo real, quantas pessoas já receberam a primeira e a segunda dose da vacina, inclusive com dados individualizados para cada cidade. Além disso, a ferramenta também disponibiliza o quantitativo de doses enviadas aos municípios.

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também