Tecnologia proporciona visita virtual aos pacientes internados com coronavírus

MARCO CALEJO
HOME OFFICE

Em tempos de angústia para muitas pessoas com parentes internados por causa do coronavírus, a tecnologia se tornou uma aliada importante no sistema público de saúde da capital. Para evitar a propagação da Covid-19, os pacientes em tratamento não têm recebido visitas. E uma das formas encontradas para proporcionar o encontro entre os familiares, foi por meio das chamadas de vídeo.

De acordo com o secretário municipal da Saúde, Edson Aparecido, todos os hospitais municipais referência em Covid-19, assim como os de campanha, instalaram sistemas para promover visitas virtuais. O objetivo é deixar o tratamento mais humanizado, para que os pacientes se sintam acolhidos.

“A gente tem pedido para não ir muita gente (aos hospitais). A família fala pelo laptop (computador portátil) com o paciente de Covid-19 internado e com o médico que cuida do paciente”, explicou o secretário.

Segundo ainda o chefe da pasta, nos locais onde não há computadores portáteis, as chamadas de vídeo estão sendo feitas com os celulares dos médicos ou dos próprios pacientes. Para manter a segurança e a higiene, Edson Aparecido ressaltou que os equipamentos utilizados nas ligações ficam dentro dos leitos.

“Fazemos, inclusive, lives com festas de aniversário. O pessoal em casa, aí liga o telefone da pessoa ou do médico, dentro do leito de UTI, e canta parabéns. A gente tem feito isso porque é dramática essa história de não sequer visitar. É uma coisa muito dolorosa”, disse Edson Aparecido.

*Este conteúdo e outros conteúdos especiais podem ser conferidos no hotsite Coronavírus

Deixe uma resposta:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também