Parques da capital paulista poderão voltar a funcionar aos finais de semana

DANIEL MONTEIRO
HOME OFFICE

Publicado no Diário Oficial da cidade de São Paulo desta terça-feira (27/10), um decreto estabelece as regras de funcionamento e autoriza a reabertura dos parques municipais aos finais de semana, observando os protocolos sanitários estabelecidos pela administração municipal.

De acordo com o texto do decreto, fica autorizado o funcionamento dos parques municipais em seus horários normais e regulares, inclusive nos finais de semana e feriados, com público limitado a 60% da capacidade total de cada espaço.

Entre as regras estabelecidas pelo protocolo sanitário do município para o funcionamento dos parques está o uso obrigatório de máscara de proteção individual por todos os seus frequentadores. Também há a recomendação para que sejam praticadas, prioritariamente, atividades individuais, com o objetivo de evitar aglomerações de qualquer tipo.

Ainda sobre reabertura de espaços públicos, na última segunda-feira (26/10), o Centro de Contingência da Covid-19, vinculado ao Governo do Estado, autorizou o acesso aos cemitérios no Dia de Finados, celebrado na próxima segunda-feira, 2 de novembro.

Apesar da autorização, as autoridades sanitárias recomendam que todos respeitem o distanciamento social, assim como todos os protocolos sanitários. A administração estadual explicou, ainda, que a decisão final sobre a liberação do acesso aos cemitérios será das prefeituras municipais, que deverão levar em conta sua própria situação epidemiológica.

Segundo estatísticas oficiais, o Estado de São Paulo segue sem nenhuma região na fase vermelha do plano São Paulo, que impõe maior restrição à circulação de pessoas. Além disso, ainda de acordo com dados oficiais, na última semana epidemiológica o território paulista registrou queda nos principais índices de óbitos casos e internações por Covid-19.

Mais sobre o coronavírus

Segundo dados do boletim diário sobre a pandemia do novo coronavírus (causador da Covid-19) publicado pela Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo, nesta terça-feira (27/10) a capital paulista contabiliza 13.444 vítimas da Covid-19.

Há, ainda, 359.516 casos confirmados de infecções pelo novo coronavírus e 480.500 casos suspeitos sob monitoramento. Até o momento, 511.585 pessoas receberam alta após passar pelos hospitais de campanha, da rede municipal, contratualizados e pela atenção básica do município.

Abaixo, gráfico detalhado sobre os índices da Covid-19 na cidade de São Paulo nesta terça-feira.

Prefeitura de SP

Em relação ao sistema público de saúde na Grande São Paulo, nesta terça-feira a taxa de ocupação de leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) destinados ao atendimento de pacientes com Covid-19 é de 39,7%.

Considerado pela OMS (Organização Mundial da Saúde) e autoridades sanitárias a principal forma de contenção da pandemia do novo coronavírus, o isolamento social na cidade de São Paulo, na última segunda-feira (26/10), foi de 41%.

Os dados são do Sistema de Monitoramento Inteligente do Governo de São Paulo, que utiliza dados fornecidos por empresas de telefonia para medir o deslocamento da população e a adesão às medidas estabelecidas pela quarentena no Estado.

Ações e Atitudes

Uma pesquisa, realizada por cientistas da UFABC (Universidade Federal do ABC), busca voluntários para avaliar o impacto da Covid-19 sobre as necessidades em saúde dos pacientes pertencentes ao grupo de risco, como o acesso a tratamento da doença de base.

O estudo também pretende avaliar como as Organizações Representativas de Pacientes estão atuando para minimizar os efeitos negativos da pandemia no bem-estar desses indivíduos.

Os interessados podem responder ao questionário disponível on-line. Tanto pacientes, seus familiares ou cuidadores podem participar. A identidade dos entrevistados será mantida em sigilo. Mais informações estão disponíveis neste link.

*Este conteúdo e outros conteúdos oficiais podem ser conferidos no hotsite Coronavírus

Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também