Biblioteca da Câmara é um espaço aberto ao público e conta com publicações do século XVII

KÁTIA KAZEDANI
DA REDAÇÃO

Pesquisadores, estudantes, curiosos, paulistanos e estrangeiros. Esses são alguns dos frequentadores da Biblioteca da Câmara Municipal de São Paulo, aberta ao público de segunda-feira a sexta-feira, das 10h às 18h30. Ela conta com cerca de 22 mil volumes disponíveis para consulta da população.

O acervo da Biblioteca da Câmara está dividido em Coleção Geral – com publicações nas áreas de direitos e administração pública -, Coleção Aureliano Leite – sobre a cultura, história do Brasil, genealogia, literatura e obras sobre a cidade paulistana –, Coleção São Paulo – especializada em assuntos relacionados à capital paulista – e a Coleção de Obras Raras –  composta por livros antigos, entre eles, um título de 1601 sobre direito e jurisprudência.

A Biblioteca ainda conta com documentação da Câmara Municipal de São Paulo desde o século XVI e uma pasta específica para cada vereador com recortes de notícias publicadas pela imprensa sobre cada um deles.

A Biblioteca – assim como a Documentação do Legislativo e o Arquivo Geral – faz parte da Secretaria de Documentação da Câmara. Na biblioteca, são atendidos pedidos da própria casa, assim como da população.

Instituída em 1907 pelo então Prefeito Antônio da Silva Prado, a Biblioteca passou por uma série de fases até conseguir se modernizar e permitir as consultas de atas, Projetos de Leis e obras disponíveis no acervo por meio da internet.

Antigamente, as pessoas faziam fila para saber o que estava tramitando na Câmara. O público vinha para pegar xerox das propostas dos vereadores para conhecer as medidas e alguns queria levar as ideias para implementar em outras cidades.

O setor foi acompanhando as inovações tecnológicas e atualmente permite que as consultas possam ser feitas online. “A base de dados começou a ser implantada em 2000 e foram necessários cinco anos para desenvolvermos uma base de projetos, documento s e correlatos.

Atendimento

Faça aqui a sua pesquisa sobre os livros disponíveis no acervo da Biblioteca.

Veja aqui dados dos vereadores desde 1892.

Veja aqui os processos digitalizados das atividades legislativas.

O atendimento ainda é feito pessoalmente ou pelos e-mails:

Equipe de Documentação do Legislativo

E-mail: atendimentodoc@saopaulo.sp.leg.br

Equipe de Biblioteca

E-mail: biblioteca@saopaulo.sp.leg.br

Equipe de Arquivo Geral

E-mail: sgp33@saopaulo.sp.leg.br

 

 

One Comment

João Carlos de Marchi

No “Acervo de processos digitalizados da atividade legislativa – CMSP” para os ítens PL, PDL, PR, RDP, RDS e IND não encontrei o ano 2015 sendo que 2016 aparece em duplicidade. Acessando as pastas 2016, a primeira se refere a projetos de 2015 e a segunda realmente aos de 2016.
Já nos itens PLO, RPP e RPS não aparece o ano 2015 pulando de 2014 para 2016.

Comentários estão fechados

Veja também