Secretaria de Trabalho contará com recursos para combate ao desemprego

DA REDAÇÃO

O orçamento da Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo para 2018 é de pouco mais de R$ 99,5 milhões (R$ 99.537.561,00). Essa pasta tem a missão de implantar programas voltados à promoção do desenvolvimento econômico com inclusão social. Também é responsável pelas unidades do Centro de Apoio ao Trabalho e Empreendedorismo (CATe) que atendem a população de todas as regiões da capital paulista.

Em função da crise econômica, o desemprego é uma das maiores preocupações do paulistano neste início de 2018. Pesquisa da Fundação Seade (Sistema Estadual Análise de Dados) /Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) mostrou que no final do ano passado 1,9 milhão de pessoas estavam desempregadas na capital paulista e região metropolitana.

O Orçamento 2018 reserva para a Secretaria do Trabalho e Empreendedorismo dois aportes que totalizam pouco mais de R$ 136,6 milhões para ações de orientação ao mundo do trabalho para adolescentes, jovens e adultos.

A Secretaria Municipal de Trabalho e Empreendedorismo (SMTE) é composta pelas Coordenadorias de Trabalho e Desenvolvimento Econômico e pela Supervisão Geral de Empreendedorismo. Além disso a Secretaria possui a Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional, área  responsável pela implementação de programas, projetos e ações em Abastecimento e Segurança Alimentar e Nutricional, do município de São Paulo.

 

Veja também