Revista Apartes: emboscada para JK

A investigação realizada pela Comissão da Verdade Vladimir Herzog, da Câmara Municipal de São Paulo, concluiu que o ex-presidente Juscelino Kubitschek e seu motorista, Geraldo Ribeiro, foram assassinados. O trabalho realizado pelo colegiado é o destaque deste mês da revista Apartes.

A reportagem de capa da publicação começa com um dos principais depoimentos prestados à Comissão da Verdade os relatos do ex-motorista da Viação Cometa Josias Nunes de Oliveira. Ele teria sido responsável pelo choque ocorrido entre o ônibus que dirigia e o carro em que estava JK e seu motorista.  De acordo com Oliveira, até dinheiro lhe ofereceram para que ele assumisse a culpa pelo acidente. No entanto, ele recusou e continuou se defendendo das acusações.

A Operação Condor aliança político-militar criada na década de 70 para reprimir grupos e indivíduos contrários aos regimes ditatoriais instalados na América do Sul e as pessoas contrárias ao relatório apresentado pela Comissão da Verdade também estão na reportagem.

Veja aqui a reportagem completa.

(06/03/2014 – 12h30)

Veja também