Especial Orçamento: Saúde vai investir em novos equipamentos

DA REDAÇÃO

A Saúde representa o segundo maior orçamento da cidade de São Paulo para 2018. A Prefeitura de São Paulo contará com um Fundo Municipal de Saúde de pouco mais de R$ 8 bilhões (R$ 8.155.475.081,00).

O relator do Orçamento na Câmara Municipal de São Paulo, vereador Ricardo Nunes (MDB), ressaltou que no Orçamento deste ano a novidade na pasta da Saúde está no detalhamento das ações previstas para 2018. Foram publicadas, por exemplo, quais são as UBSs (Unidades Básicas de Sáude) que serão reformadas ou construídas.

“Isso ajuda o planejamento da Secretaria da Saúde e a fiscalização da população. Além disso, essa medida garante que o recurso vá efetivamente para aquele local que realmente precisa. Isso é gestão do Orçamento, ou seja, o melhor uso do dinheiro público.”

Um exemplo desse detalhamento do Orçamento da Saúde destacado por Nunes é o Hospital Ermelino Matarazzo, na zona leste de São Paulo. Foram reservados R$ 150 mil do Orçamento para a aquisição de equipamentos e para o Centro Cirúrgico.

Outro equipamento da zona leste, o Hospital Municipal Dr. Alexandre Zaio, contará em 2018 com a dotação orçamentária de R$ 300 mil para reformas, adequação e equipamentos, além de mais R$ 400 mil em equipamentos para reforma do Centro Cirúrgico e Sala de Emergência.

No caso das UBSs (Unidades Básicas de Saúde), há no Orçamento pouco mais de R$ 2,989 milhões para a construção de novas unidades.

Para mais detalhes, acesse o site do Orçamento 2018.

Veja também