Delegado suspeito de tortura será ouvido pela Comissão da Verdade

O delegado de polícia Dirceu Gravina prestará depoimento nesta terça-feira (25/3) à Comissão da Verdade Vladimir Herzog, da Câmara Municipal de São Paulo.  O convidado trabalhou no DOI-Codi  — centro de repressão do Exército durante a ditadura entre 1971 e 1972, e é suspeito de assassinar e torturar presos políticos.

Na reunião desta terça-feira, a Comissão da Verdade também ouvirá as ex-presas políticas Lenira Machado e Rita Sipahi, responsáveis pelas denúncias contra Gravina.

A reunião começa às 9h e é aberta ao público.

Serviço

Comissão da Verdade Vladimir Herzog
Data: 25 de março
Horário: 9h
Local: Auditório Prestes Maia da Câmara Municipal de São Paulo (Viaduto Jacareí, 100, Bela Vista)

Essa matéria é fruto de uma pauta da Agenda da Democracia. Um espaço dedicado a reunir e divulgar eventos e acontecimentos ligados à democracia, à liberdade e defesa da vida na cidade de São Paulo. É uma agenda pública sempre em construção que aproxima o cidadão das organizações promotoras das atividades, aberta à livre participação dos interessados e submetida a uma mediação com o objetivo de garantir que toda informação lá postada esteja dentro das balizas estabelecidas pela legislação brasileira. Para consulta-la, clique aqui. Para enviar suas informações, utilize o formulário neste link ou envie uma mensagem para agenda.democracia@saopaulo.sp.leg.br

(24/03/2014 15h17)

Veja também