Comissão da Verdade:bancas de jornal eram alvos da ditadura

Nesta terça-feira, a Comissão Municipal da Verdade recebeu representantes dos jornaleiros e do sindicato dos jornalistas para contar sobre os atentados a bomba que as bancas de jornal eram alvo no início dos anos 80. Os ataques eram uma tentativa de impedir a circulação de jornais alternativos que denunciavam os abusos de tortura e violação dos direitos humanos no período da ditadura militar. Armando Sartori trabalhou no jornal Movimento e contou que os ataques tiveram início num momento em que os jornais não estavam mais sob censura.


Confira matéria da Web Rádio Câmara:

(22/04/2014 – 16h56)

Veja também