Comissão da Verdade: torturadas por Dirceu Gravina prestam depoimento

“Quem me recebeu no DOI-Codi foi “Jesus Cristo”, como ele era chamado. Gritava, me xingava e eu insistia que não era da organização da qual ele me acusava pertencer. Foi aí que pessoalmente JC começou a me dar choques”, relata Rita Sipahi sobre o seu primeiro encontro com o delegado Dirceu Gravina, em maio de 1971. A declaração foi dada nesta terça-feira (25/3) à Comissão Municipal da Verdade.

Luiz França/CMSP
COMISSAO_DA_VERDADE-25-03-2014-FRANCA-DSC01904-72ABRE
Rita esteve na Câmara Municipal e contou sobre o que passou quando foi presa durante a Ditadura Militar. Ela era integrante do Partido Revolucionários dos Trabalhadores (PRT) e lutava contra o regime autoritário instalado no Brasil em 1964.

“No tempo que passei lá fui torturada várias vezes. Em outras ocasiões, eles queriam saber o endereço de uma companheira de luta e aí levei muitos choques, principalmente na vagina. Tomei uma injeção que não sabia o que era e também fui colocada no pau de arara. E acabei falando o endereço dela”, lembra.

Assim como Rita, Lenira Machado também foi torturada por Gravina e sua equipe. Choques elétricos, “cadeira do dragão” e ingestão de sal e água foram alguns dos métodos utilizados com ela, que também era membro do PRT. 

COMISSAO_D_AVERDADE-25-03-2014-FRANCA-DSC01834-72_CAPA
Aos 71 anos, Lenira ainda guarda algumas sequelas das torturas. “Fiquei com uma diferença de cinco centímetros de um pé para o outro. Consegui recuperar quase tudo e hoje já ando de salto alto. Até 1985 eu também tinha muita dor constante pelo corpo, mas com tratamentos elas praticamente sumiram. Dependendo de como eu ande ainda sinto”, diz. Dirceu Gravina compareceu ao prédio do Legislativo, mas se negou a dar declarações em público.

Convidado para depor nesta terça-feira (25/3) durante a Comissão da Verdade Vladimir  Herzog, o delegado Dirceu Gravina se negou a falar na presença de convidados e da imprensa.  (Rafael Carneiro da Cunha)

Confira também matéria completa da Web Rádio Câmara:
 

 


(25/3/2014 – 14h37)

Veja também