Câmara de SP devolve R$ 190 milhões à Prefeitura

Afonso Braga | REDE CÂMARA SP

TERESA MORRONE
DA REDAÇÃO

A Câmara Municipal de São Paulo fechará 2021 com a devolução de cerca de R$ 190 milhões aos cofres municipais, uma economia recorde realizada pelo Legislativo paulistano durante o ano. São recursos que compõe o orçamento da Casa e que voltam ao caixa da Prefeitura.

O presidente da Câmara, vereador Milton Leite (DEM) entregou, nesta terça-feira (21/12), um cheque simbólico ao prefeito Ricardo Nunes (MDB), em reunião na qual esteve presente também o governador em exercício Rodrigo Garcia (PSDB).

“Cortamos tudo o que foi possível nos gastos, sobrou só o necessário. Foi um ano de pandemia, batemos o recorde de devolução porque a Câmara usou o sistema virtual. Houve despesas menores de custeio de gabinete, de gasolina e de funcionários”, afirmou Leite.

A economia ocorreu, por conta da revisão, corte e cancelamento de contratos. O cancelamento de uma licitação no setor de Tecnologia da Informação, por exemplo, gerou uma economia de R$ 8 milhões.

“É um recurso que vai para o caixa geral da Prefeitura: 25% para educação, 15% para saúde, para zeladoria. Para várias atividades na Prefeitura de São Paulo”, disse o prefeito Ricardo Nunes.

 

Este é um espaço de livre manifestação. É dedicado apenas para comentários e opiniões sobre as matérias do Portal da Câmara. Sua contribuição será registrada desde que esteja em acordo com nossas regras de boa convivência digital e políticas de privacidade.

Nesse espaço não há respostas - somente comentários. Em caso de dúvidas, reclamações ou manifestações que necessitem de resposta clique aqui e fale com a Ouvidoria da Câmara Municipal de São Paulo.

 Deixe a sua contribuição:

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Veja também